Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

EC S.Bernardo fecha disputa da Série A-3 com derrota por 3 a 2

Resultado mantém time do Grande ABC no terceiro nível do futebol estadual em 2019


Dérek Bittencourt

26/03/2018 | 07:00


O EC São Bernardo encerrou sua participação no Campeonato Paulista da Série A-3 com derrota, de virada, para o Rio Preto, por 3 a 2. Ontem pela manhã, no Estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto, o Cachorrão chegou a abrir 2 a 0, mas ainda na primeira etapa o Jacaré igualou. No fim, perto do apito final, o time da casa alcançou a reviravolta no placar.

Assim, o representante do Grande ABC terminou com 26 pontos, na 11ª colocação. A celebrar, como prêmio de consolação, a permanência no terceiro nível do futebol estadual em seu ano de retorno à Série A-3 – o Manthiqueira, que subiu junto com os são-bernardenses no ano passado, foi rebaixado de volta à Segunda Divisão.

O Cachorrão não dependia apenas de si para se classificar. Além de vencer o Rio Preto, tinha de torcer para que houvesse um perdedor no jogo entre Velo Clube e São Carlos – que, no fim, empataram e ambos avançaram. Entretanto, antes do triste desfecho, o EC São Bernardo partiu para cima do Jacaré.

Logo aos 11 minutos, Bruno Santos aproveitou cobrança de escanteio de Lucas Gomes e, de cabeça, abriu o placar para os visitantes. Pouco depois, aos 17, Nunes foi derrubado na área e Bruno Gaúcho converteu a penalidade a favor do Cachorrão.

Entretanto, aos 35 começou a reação do Rio Preto. Édipo, em cobrança de pênalti, diminuiu. Aos 41, Emerson aproveitou bate-rebate e igualou o confronto – na comemoração, o zagueiro foi expulso por xingar e fazer gestos para a torcida local.

No segundo tempo, o EC São Bernardo tentou retomar o controle da partida e Vandinho acertou a trave logo no princípio. Édipo respondeu para os donos da casa, mas também ficou no quase.

Os goleiros também tiveram trabalho. Poti, aos 33, salvou cabeçada de Bruno. Do outro lado, Marcelo teve de intervir em finalização de Dio Santos.

No fim, Erik Bessa também foi expulso – por dar tapa em rival. E antes do apito final, Jonatas Obina apareceu na pequena área para chutar rasteiro e decretar a virada e a vitória dos rio-pretenes: 3 a 2.

Agora, é aguardar a definição se o time disputará ou não – pela primeira vez – a Copa Paulista, a partir de agosto. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;