Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA: Senado aprova lei orçamentária de US$ 1,3 tri e evita nova paralisação

Associated Press Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


23/03/2018 | 01:57


O Senado dos Estados Unidos aprovou na madrugada desta sexta-feira um pacote orçamentário de US$ 1,3 trilhão, voltado a financiar o governo até outubro. A medida foi aprovada por 65 votos (32 contrários). O texto segue para sanção do presidente dos EUA, Donald Trump.

A verba atual para financiamento expira à meia-noite da sexta-feira para o sábado, na hora local (1h do sábado, no horário de Brasília).

O pacote eleva gastos nas Forças Armadas e em uma série de programas domésticos para o restante do ano fiscal, que vai até setembro.

Na quinta-feira, o diretor de Orçamento da Casa Branca, Mick Mulvaney, havia confirmado que o presidente iria assinar a lei de gastos, caso ela fosse aprovada no Legislativo. Segundo ele, o orçamento previsto representa vários avanços para a pauta desejada por Trump na questão da imigração. "O presidente apoia a lei e está ansioso para assiná-la", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA: Senado aprova lei orçamentária de US$ 1,3 tri e evita nova paralisação


23/03/2018 | 01:57


O Senado dos Estados Unidos aprovou na madrugada desta sexta-feira um pacote orçamentário de US$ 1,3 trilhão, voltado a financiar o governo até outubro. A medida foi aprovada por 65 votos (32 contrários). O texto segue para sanção do presidente dos EUA, Donald Trump.

A verba atual para financiamento expira à meia-noite da sexta-feira para o sábado, na hora local (1h do sábado, no horário de Brasília).

O pacote eleva gastos nas Forças Armadas e em uma série de programas domésticos para o restante do ano fiscal, que vai até setembro.

Na quinta-feira, o diretor de Orçamento da Casa Branca, Mick Mulvaney, havia confirmado que o presidente iria assinar a lei de gastos, caso ela fosse aprovada no Legislativo. Segundo ele, o orçamento previsto representa vários avanços para a pauta desejada por Trump na questão da imigração. "O presidente apoia a lei e está ansioso para assiná-la", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;