Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Inspirada em clássico da literatura, ‘Orgulho e Paixão’ chega hoje na faixa das 18h

Marília Cabral/Divulgação Globo Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Rede Globo aposta em novela de época e personagem empoderada do início do século 20


Marcela Munhoz

20/03/2018 | 07:00


Jane Austen (1775-1817) foi uma escritora inglesa que ficou conhecida por usar ironias e críticas à sociedade, embora suas tramas pareçam ser inocentes ao extremo, ao descrever seus personagens mais famosos em romances clássicos como Orgulho e Preconceito (1813).

Elizabeth Bennet é a principal. Ela age diferente das mulheres do início do século 20, não leva desaforo para casa e acredita estar imune ao amor, pelo menos até quando quiser que isso mude. Mas ela conhece Fitzwilliam Darcy, jovem misterioso, reservado e também de personalidade forte.

A história foi adaptada várias vezes e agora ganha mais uma versão: Orgulho e Paixão, novela das 18h que estreia hoje na Rede Globo em substituição a Tempo de Amar. Inspirada na obra de Austen, foi escrita por Marcos Bernstein com direção artística de Fred Mayrink.

A trama – que se passa no fictício Vale do Café, Interior de São Paulo, no início do século 20 – gira em torno de Elisabeta (Nathalia Dill) e Darcy (Thiago Lacerda). Eles interpretam casal que tenta resistir ao máximo a paixão que nasce entre eles.

“Ela (Elisabeta) tem iniciativa, sonhadora, tem a cabeça libertária, quer trabalhar e não acha que a mulher tem que casar. Ele (Darcy) também não, já que não concorda com o protocolo de escolher a dedo uma mulher para servir. Isso os une”, disse Nathalia durante evento de apresentação da novela. "Quem gosta e conhece a obra vai gostar desse romantismo bem escrito e de bom gosto”, completa Lacerda.

Elisabeta é uma das cinco filhas – Jane (Pâmela Tomé), Mariana (Chandelly Braz), Cecília (Anajú Dorigon) e Lídia (Bruna Griphao) – de Felisberto (Tato Gabus Mendes) e Ofélia (Vera Holtz). Ele defende a independência e originalidade da filha. Já ela quer, por toda a lei, que as cinco se casem o mais rápido possível com homens de posse. O autor aposta, portanto, em novela leve, romântica e cheia de bom humor. “A expectativa é a de que a gente possa entreter e ter momentos emocionantes.”

Também estão na novela Tarcísio Meira, Agatha Moreira, Alessandra Negrini, Gabriela Duarte, Murilo Rosa, Ary Fontoura, Oscar Magrini, Tammy Di Calafiori, entre outros.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;