Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Justiça determina que Anitta pague multa de R$ 2,8 milhões a ex-empresária

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


13/03/2018 | 20:45


Um agravo judicial julgado nesta terça-feira, 13, negou recurso da cantora Anitta no processo que Kamilla Fialho, sua ex-empresária, move contra ela. Fialho pede multa por rescisão contratual e danos morais, exigindo o bloqueio dos bens de Anitta e a apreensão de seu passaporte. No processo que ainda não foi concluído, a cantora foi recentemente intimada a pagar R$ 2,8 milhões como multa. A quantia seria menos da metade do total que Kamilla pede para Anitta, algo em torno de R$ 14 milhões.

Anitta rompeu contrato com a empresa K2L em 2014, de sua ex-empresária, acusando-a de desviar R$ 2,5 milhões de seu patrimônio. Kamilla respondeu processando-a. Ao jornal "O Estado de S. Paulo", a assessoria da cantora enviou o seguinte comunicado: "O agravo julgado hoje (terça, 13) foi feito antes da defesa da Anitta entrar com duas suspeições e uma representação no Conselho Nacional de Justiça diante da suspeita de parcialidade da juíza responsável por este processo. Com tais fatos novos, o processo e, por sua vez qualquer decisão dele, encontra-se suspenso até o julgamento destas suspeições".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados