Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Todos os olhares em Bolsonaro no PSL


Raphael Rocha

09/03/2018 | 07:00


O deputado federal Jair Bolsonaro bateu o martelo e vai para o PSL. O evento de filiação está marcado para segunda-feira, às 19h, na Assembleia Legislativa de São Paulo. Consolidado na segunda colocação nas pesquisas de intenções de voto há pelo menos um ano, Bolsonaro atrai olhares de muita gente que quer pegar carona no discurso dele para conquistar cadeira no Parlamento paulista ou na Câmara Federal. Nomes da região não são diferentes. O ex-deputado estadual José Bittencourt e o ex-prefeito de Ribeirão Pires Clóvis Volpi devem aparecer na atividade, bem como Arthur Rollo, secretário nacional do Consumidor, vinculado ao governo federal. O também ex-deputado Waldir Cartola, pai do presidente da Câmara de São Bernardo, Pery Cartola (PSDB), foi outro a dizer que vai comparecer ao evento.

Corre-corre
A sessão de quarta-feira na Câmara de São Bernardo foi bastante agitada nos bastidores, embora que, para o público, tudo tenha parecido transcorrer normalmente. Três projetos de interesse do Paço estavam na pauta: mudança no Conselho Municipal de Turismo, aumento da licença-paternidade a servidores e autorização para que o Fundo Social de Solidariedade pudesse efetuar transferência financeira a entidades. Com manobra da oposição, o tempo da sessão se estendeu mais do que a base de sustentação imaginava. Como de costume, perto das 13h, limite das sessões ordinárias, vereadores já haviam deixado o plenário. Mas nem todos os projetos tinham sido votados. Quando articuladores da Prefeitura perceberam que havia risco de derrota, em especial na análise do projeto do Fundo Social, o corre-corre foi geral. Interlocutores do Paço buscaram vereadores que pudessem retornar ao plenário para votar. Neste meio-tempo, sessão extraordinária foi convocada e aprovada para justamente garantir a aprovação do projeto do Fundo Social. E, para surpresa de muitos, o fiel da balança pró-governo foi o petista José Luis Ferrarezi, que voltou ao Legislativo e foi a favor do texto.

Entrave
Para pessoas próximas, o ex-prefeito de Mauá Donisete Braga (PT) comentou ser inviável a possibilidade de ele vir como candidato a deputado federal. Essa era uma ideia de parte do PT mauaense na busca da unificação da legenda na cidade, plano esse que envolveria candidatura do ex-prefeito Oswaldo Dias à Assembleia, de Donisete à Câmara Federal e apoio antecipado ao projeto à Prefeitura do hoje vereador Marcelo Oliveira.

Conversa
O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), chamou ontem integrantes da cúpula do PSB local para conversar com ele em seu gabinete. Curiosamente, o presidente da sigla na cidade, o presidente da Câmara, Marcos Michels, não esteve presente. Não é de hoje que Lauro tenta impedir que Marcos, seu primo, leve adiante plano de ser candidato a deputado estadual.

Ocupação
Ex-primeira-dama de Ribeirão Pires, Michelle Benevides foi vista na cidade trabalhando como Uber. Ex-mulher do ex-prefeito Saulo Benevides (PHS), ela pensou em lançar candidatura à Câmara pelo PSB, do adversário do ex-marido, mas voltou atrás.

Fogo inimigo
Ex-prefeito de Diadema, José de Filippi Júnior (PT) tem creditado ao “fogo amigo” a informação de que ele pode não ser candidato a deputado federal em outubro. Questionado sobre a postura de Filippi, o também pré-candidato a deputado federal e hoje vereador, Ronaldo Lacerda, rebateu, dizendo que não partia dele o “fogo amigo”, pois “nem amigo ele é” de Filippi.

Projeto novo
Depois da saída de José Grecco da Secretaria de Gestão Financeira da Prefeitura de Santo André, o governo de Paulo Serra (PSDB) reencaminhou o projeto de lei com mudanças na cobrança do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis). O texto original já sofreu alterações por parte do Paço. Segundo um vereador governista, a proposta inicial poderia gerar mais desgaste, citando a polêmica com o reajuste do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;