Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Manobra irresponsável


Do Diário do Grande ABC

08/03/2018 | 14:18


O gasto excessivo dos municípios com o salário de servidores é um dos principais problemas dos atuais prefeitos do Grande ABC. Em reportagem publicada no domingo, o Diário mostrou que apesar da política de austeridade implantada pelos gestores, aumentou o valor dos recursos utilizados para quitar os encargos com o funcionalismo público. A situação mais preocupante é observada em Diadema, onde o chefe do Executivo, Lauro Michels (PV), está próximo de atingir com tais despesas o limite prudencial determinado pela legislação, fixado em 51,3% da receita corrente líquida.

Para não infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal, que poderia trazer consequências gravíssimas ao seu futuro eleitoral, Lauro realizou manobra contábil que pode ser considerada proibida pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado): desconsiderou na contabilidade o repasse de R$ 57,1 milhões para cobrir o deficit do Ipred (Instituto de Previdência de Diadema).

Revelada em audiência pública por representante do próprio governo, a pedalada fiscal pode trazer dor de cabeça ao chefe do Executivo, que exerce o segundo mandato consecutivo na Prefeitura. Mas Lauro Michels pouco parece se importar com os efeitos de seus atos administrativos. Se tivesse algum zelo pela imagem, não teria processado a própria administração na tentativa de receber aproximadamente R$ 70 mil que ele julga ter direito, a título de férias e 13º salário, pelo período em que foi vereador na cidade, entre 2009 e 2012 – o verde desistiu das ações devido à repercussão negativa que o caso obteve após ser divulgado por este jornal.

Como se vê, por esses episódios e por tantos outros, Lauro Michels não tem nenhum respeito pelo dinheiro público. Se a sua irresponsabilidade na condução da chave dos cofres municipais prejudicasse só a si, ninguém lhe teceria críticas. Ocorre, no entanto, que os resultados de seus atos atingem todo o município. E sabe-se lá quanto tempo será preciso para que Diadema reencontre o equilíbrio financeiro que a recoloque nos trilhos do desenvolvimento econômico e social.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;