Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Projeto de Carla entra em pauta


Raphael Rocha

02/03/2018 | 07:00


Desde o fim do ano passado circulam boatos de que a primeira-dama de São Bernardo, Carla Morando, poderia ser candidata a deputada na eleição deste ano. Muita gente tem elogiado a atuação dela à frente do Fundo Social de Solidariedade e não é raro ela ter de responder sobre esse tipo de indagação das pessoas auxiliadas pelo órgão. Ontem, durante evento com a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin, o assunto voltou à tona. Indagada sobre uma eventual candidatura de Carla, Lu Alckmin deu uma leve risada. E coube a Carla responder, sem, entretanto, descartar ou confirmar um projeto eleitoral. “Eu, na verdade, sempre trabalhei com o Orlando (Morando, PSDB, prefeito de São Bernardo). Sempre fui da retaguarda, sempre estive e estarei com ele, para tudo o que ele precisar. Sem nenhum tipo de pretensão política. Sempre foi por vontade de ajudar”, destacou ela.

BASTIDORES

Brasília
O prefeito de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSB), viajou ontem para Brasília, onde se encontrou com Jânio de Souza Barbosa, assessor especial do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), para tratar de questões relacionadas à implantação dos programas federais Internet para Todos e Cidade Digital. O município já mapeou 21 regiões da cidade, longe do Centro, que devem contar com internet a preços reduzidos em relação ao que está disponível no mercado, uma vez que empresas credenciadas terão isenções fiscais. O Cidade Digital, outra pauta do encontro, é programa que leva, por meio de estrutura de fibra ótica, internet de banda larga a locais públicos de atendimento, como unidades de Saúde e escolas. A agenda contou com as presenças do deputado federal Walter Ihoshi (PSD) e dos secretários de Obras, Taka Yamauchi (PSD), e de Assuntos Estratégicos, João Mancuso (PSB).

Previsão
Tanto o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), quanto o titular do Executivo de Santo André, Paulo Serra (PSDB), profetizaram durante evento com a participação de Lu Alckmin, mulher do governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB): ela será a próxima primeira-dama do País. Alckmin deve ser candidato a presidente nas eleições de outubro.

Martelo quase batido
O presidente da Câmara de São Bernardo, Pery Cartola (PSDB), foi aconselhado pelo pai, o ex-deputado Waldir Cartola, a sair candidato na eleição deste ano – seja a parlamentar federal ou estadual. Ele ainda luta para obter apoio do governo, mas, caso isso não aconteça, deve apostar no projeto eleitoral de forma independente do Paço.

Currículos
Enquanto circula especulação em torno do vereador Rodolfo Donetti (PPS) para ser secretário de Segurança de Santo André, começou a se espalhar que o prefeito Paulo Serra (PSDB) recebeu a indicação de Antônio Vital (PSDB), que foi delegado em Mauá e também ficou como terceiro suplente de vereador do tucanato na eleição à Câmara andreense em 2016.

Resposta<EM>
Presidente do PPS em Santo André, o vereador Fábio Lopes assegurou que não tem problemas de relação com Carlos Ferreira, primeiro suplente da sigla em Santo André. Ontem, esta coluna mostrou que a possibilidade de indicação de Rodolfo Donetti (PPS) para Secretaria de Segurança causou rebuliço na legenda e reativou antigas desavenças. “Não existe essa situação. Até porque sou muito grato ao Carlos Ferreira. Assumi mandato de vereador na gestão passada, por alguns dias, graças a ele. Sou grato por isso”, afirmou Fábio Lopes. Sobre o processo eleitoral movido contra ele por propaganda antecipada, Fábio Lopes citou que o caso foi arquivado e foi movido pelo PR. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Projeto de Carla entra em pauta

Raphael Rocha

02/03/2018 | 07:00


Desde o fim do ano passado circulam boatos de que a primeira-dama de São Bernardo, Carla Morando, poderia ser candidata a deputada na eleição deste ano. Muita gente tem elogiado a atuação dela à frente do Fundo Social de Solidariedade e não é raro ela ter de responder sobre esse tipo de indagação das pessoas auxiliadas pelo órgão. Ontem, durante evento com a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin, o assunto voltou à tona. Indagada sobre uma eventual candidatura de Carla, Lu Alckmin deu uma leve risada. E coube a Carla responder, sem, entretanto, descartar ou confirmar um projeto eleitoral. “Eu, na verdade, sempre trabalhei com o Orlando (Morando, PSDB, prefeito de São Bernardo). Sempre fui da retaguarda, sempre estive e estarei com ele, para tudo o que ele precisar. Sem nenhum tipo de pretensão política. Sempre foi por vontade de ajudar”, destacou ela.

BASTIDORES

Brasília
O prefeito de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSB), viajou ontem para Brasília, onde se encontrou com Jânio de Souza Barbosa, assessor especial do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), para tratar de questões relacionadas à implantação dos programas federais Internet para Todos e Cidade Digital. O município já mapeou 21 regiões da cidade, longe do Centro, que devem contar com internet a preços reduzidos em relação ao que está disponível no mercado, uma vez que empresas credenciadas terão isenções fiscais. O Cidade Digital, outra pauta do encontro, é programa que leva, por meio de estrutura de fibra ótica, internet de banda larga a locais públicos de atendimento, como unidades de Saúde e escolas. A agenda contou com as presenças do deputado federal Walter Ihoshi (PSD) e dos secretários de Obras, Taka Yamauchi (PSD), e de Assuntos Estratégicos, João Mancuso (PSB).

Previsão
Tanto o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), quanto o titular do Executivo de Santo André, Paulo Serra (PSDB), profetizaram durante evento com a participação de Lu Alckmin, mulher do governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB): ela será a próxima primeira-dama do País. Alckmin deve ser candidato a presidente nas eleições de outubro.

Martelo quase batido
O presidente da Câmara de São Bernardo, Pery Cartola (PSDB), foi aconselhado pelo pai, o ex-deputado Waldir Cartola, a sair candidato na eleição deste ano – seja a parlamentar federal ou estadual. Ele ainda luta para obter apoio do governo, mas, caso isso não aconteça, deve apostar no projeto eleitoral de forma independente do Paço.

Currículos
Enquanto circula especulação em torno do vereador Rodolfo Donetti (PPS) para ser secretário de Segurança de Santo André, começou a se espalhar que o prefeito Paulo Serra (PSDB) recebeu a indicação de Antônio Vital (PSDB), que foi delegado em Mauá e também ficou como terceiro suplente de vereador do tucanato na eleição à Câmara andreense em 2016.

Resposta<EM>
Presidente do PPS em Santo André, o vereador Fábio Lopes assegurou que não tem problemas de relação com Carlos Ferreira, primeiro suplente da sigla em Santo André. Ontem, esta coluna mostrou que a possibilidade de indicação de Rodolfo Donetti (PPS) para Secretaria de Segurança causou rebuliço na legenda e reativou antigas desavenças. “Não existe essa situação. Até porque sou muito grato ao Carlos Ferreira. Assumi mandato de vereador na gestão passada, por alguns dias, graças a ele. Sou grato por isso”, afirmou Fábio Lopes. Sobre o processo eleitoral movido contra ele por propaganda antecipada, Fábio Lopes citou que o caso foi arquivado e foi movido pelo PR. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;