Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Paraíso das águas

Roberto Torrubia/Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Bueno Brandão é local ideal para quem quer descansar a cabeça e se aventurar em cachoeiras


Vinícius Castelli

01/03/2018 | 07:00


 Uma estrada margeada por pés de manga, montanhas, café e goiaba, batizada Rodovia José Vicente Lomônico, parte de Socorro, no Interior de São Paulo, e leva o visitante até a aconchegante, acolhedora e pacata Bueno Brandão, na Serra da Mantiqueira.

A cidade no Sul de Minas Gerais, que fica a 184 quilômetros de Santo André, é paraíso para quem gosta de cachoeiras e ar puro. Com hospedagens a preços convidativos (as diárias vão de R$ 60 até R$ 180, em média, por pessoa), o local pode ser destino para aventureiros, famílias e casais. Há atrativos para todo mundo.

Bueno Brandão chama a atenção por conta de suas 33 cachoeiras. Pois é. Dá até para escolher onde refrescar o corpo em cada dia da viagem. Entre os destaques está a cachoeira do Machado 2. Situada no alto da Mantiqueira, apresenta visual deslumbrante com uma queda de 90 metros de altura. É possível, aliás, avistá-la da estrada. A do Machado 1, cuja entrada é feita pelos Chalés Pedacim du Céu e o acesso sai R$ 4, com uso do banheiro, não fica atrás. Vale a visita, com certeza. É uma boa dica para levar as crianças por conta do fácil acesso.

Outra que merece ao menos uma tarde de dedicação é a dos Félix. A entrada é feita pela Pousada Som das Águas, que fornece toda estrutura necessária ao visitante. A trilha é íngreme, bem cuidada e sustentável, pois é preparada com pneus cheios de terra e pedras. O caminho conta com bancos para descanso e corda guia. Vale cada passo até lá. O barulho da queda da água se ouve já no início da caminhada. Antes da chegada, é impossível não parar para apreciar sua beleza de longe mesmo e registrar o momento. Não pense duas vezes em deixar que a água caia sobre os ombros. Ótima terapia.

Caso haja tempo, não perca ainda a do Sossego, com direito a prainha de areia; a do Luis, que conta com duas quedas de águas transparentes; e a bela da Boa Vista dos Barbosa. Vale ressaltar que há sinalização para todas as cachoeiras e quase todo comércio da cidade oferece, gratuitamente, um mapa das atrações aos visitantes.

Sossego que dá gosto
Depois de desfrutar do farto leque de cachoeiras de Bueno Brandão que, de fato, é seu maior atrativo, o turista pode aproveitar as horas vagas para passear pela pequenina cidade encravada em montanhas. Ela é dona de charme, com suas ruas tranquilas e casinhas, ainda que simples, com muros baixos e jardins repletos de rosas, pés de romã e frutos diversos.

O povo hospitaleiro está por toda a parte, inclusive à noite, na região onde fica o coreto da cidade. É lá que se concentram bares, a hamburgueria e opções para comer. As pessoas costumam chegar juntas, logo após a missa, que é celebrada ali perto, na Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus.

A catedral, que homenageia o padroeiro da cidade, é, aliás, ponto certo para foto e para ver o tempo passar. Sua praça bem cuidada é ponto para romances e crianças brincarem com cachorros. No início de agosto há uma festa tradicional, em homenagem ao Senhor Bom Jesus.

VAI ALÉM
Além das cachoeiras e do sossego da cidade, Bueno Brandão oferece ainda diversas opções junto da natureza, como cascading, trekking, rappel, tiroleza, cicloturismo, mountain bike, crosscountry, down hill, arvorismo, boia cross. Para isso, é necessário procurar guias especializados. Uma dica é a Bueno Aventura (www.buenaventura.com.br), que oferece roteiros como o Vale dos Cristais e Sertão de Bueno Brandão.

De qualquer forma, se sua pedida por aventura ou tranquilidade, guarde um tempo também para, de qualquer canto da cidade, contemplar o pôr do sol. E na saída, antes da volta para casa, aproveite para comprar os queijos preparados pelo Flávio Nogueira do ladinho da cachoeira do Machado 1. Mais informações do destino podem ser obtidas no site www.buenobrandao.com.br.

Prove um ‘pedacim’ de queijo mineiro e café, ‘faz favô’
Para quem é amante de queijos e café, Bueno Brandão é o destino perfeito. Há diversos pontos, mesmo na estrada que parte de Socorro e dá acesso à cidade, que vendem o famoso meia cura, produzido sempre de forma artesanal, como é o caso do preparado nos Chalés Pedacim do Céu. Uma delícia. E cada peça, que pode pesar até cerca de 800 gramas, custa R$ 15.

Na cidade, não deixe de visitar o Galpão Mineiro, que fica logo na entrada da cidade. Além de vender artesanato, o aconchegante local oferece café de vários tipos, até mesmo coado na mesa, na frente do visitante. Vale experimentar fatias de queijo parmesão.

Massas, tutu de feijão e carne de porco também são opções na cidade. Outra sugestão é visitar a fábrica de queijos Laticínios Serra das Antas. Lá são feitos produtos do tipo brie, camembert e reblochon, entre tantos outros.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados