Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Executivos de Turim analisam rodovias da região e Corredor ABD

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cooperação técnica também avalia centro de monitoramento e sugere aperfeiçoamento


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

28/02/2018 | 07:00


Executivos de Turim, na Itália, conheceram ontem parte do transporte coletivo da região, o CIM (Centro Integrado de Monitoramento), em São Bernardo, e também o posto da Ecovias, concessionária do SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes), que liga a Região Metropolitana à Baixada Santista.

A primeira agenda do Programa Internacional de Cooperação Urbana, da União Europeia, foi pela manhã, quando houve viagem pelo Corredor ABD por meio de trólebus que liga as cidades de Santo André, São Bernardo, Diadema e Capital (São Mateus).

“Turim tem um único cartão que integra diferentes tipos de transporte, como trem, Metrô, bicicleta e carros compartilhados. Aqui, o desafio é que existem diferentes sistemas de tarifas e diferentes tíquetes”, declarou Stefan Unseld, gestor da cooperação internacional da União Europeia.

À tarde, a delegação conheceu o CIM de São Bernardo, onde 400 câmeras fazem a vigilância urbana, com controle da GCM (Guarda Civil Municipal), além de abrigar centros de controle do Samu e da Defesa Civil. Presidente do Consórcio Intermunicipal, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), enalteceu o equipamento.

“Nós ficamos muito impressionados com a qualidade do sistema que está implementado aqui. Não só a qualidade do sistema, como a qualidade da governança que é desenvolvida. Para ter um bom sistema de mobilidade na cidade, um dos pontos principais é a Segurança pública. Se esse setor está num bom caminho, a mobilidade é um passo mais fácil”, comentou Chiara Ferroni, analista de negócios da Torino Wireless Foundation, uma companhia privada que promove pesquisas e gerencia projetos de smart cities.

Apesar dos elogios também houve observações sobre o que falta para melhorar o sistema. “Os próximo passo seria ter centros de informação e de comando referente ao trânsito. Um centro para informar os usuários das vias públicas e de transporte coletivo onde devem ir, onde há mais trânsito, por aplicativo, por exemplo”, sugeriu Fabrizio Arnoedo, diretor de tecnologia da 5T (Telematic Technologies Transport Traffic Torino), empresa que idealiza projetos complexos em áreas de mobilidade inteligente.

RODOVIAS
No fim da tarde, o grupo conheceu o SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes), no CCO (Centro de Controle de Operações) da Ecovias, concessionária responsável pela gerência de 176,8 quilômetros de estradas que ligam a Região Metropolitana ao Litoral. Sobre o SAI, a delegação também fez ressalvas. “O sistema é bom, as estradas são boas, mas falta informação. Eu fui à praia no fim de semana e voltei no domingo à noite. Fiquei mais de duas horas presa no trânsito e faltou informação, nas próprias estradas. Eu não tinha condição de saber se ia ficar duas, seis ou 12 horas para retornar”, disse Chiara Ferroni.

Secretário executivo do Consórcio, Fabio Palacio (PR) ressaltou que as visitas nesta semana são primeiros passos à idealização de projetos concretos para o setor e, consequentemente, a busca por investimentos. “Estamos fazendo agendas que permitam que a comissão de Turim possa entender nosso sistema de mobilidade, compreender as vias e toda a infraestrutura que temos, para que, na quinta-feira (amanhã), possamos passar um dia inteiro no Instituto Mauá, em São Caetano, para, juntamente com os técnicos e já com a compreensão deles da complexidade do nosso sistema, discutir quais as possibilidades que temos de melhorias para o Grande ABC. E, a partir daí, desenhar projeto que será apresentado na União Europeia no fim do ano”.

AGENDA DE HOJE
A programação continua hoje. Pela manhã, os executivos de Turim vão visitar a Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo). À tarde, terão reunião com o secretário de Mobilidade e Transportes da Capital, Sérgio Avelleda. Na sequência, eles conhecerão as instalações da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Amanhã o Programa Internacional de Cooperação Urbana chega ao fim com diversas reuniões técnicas para análise dos materiais coletados nos dias anteriores. Os encontros estão previstos para o Instituto Mauá de Tecnologia, em São Caetano. No fim do dia haverá apresentação do balanço final dos trabalhos, em atividade no Hotel Hilton, em Santo André.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;