Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André visita o Santos e quer surpreender

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Anderson Fattori
Diário do Grande ABC

25/02/2018 | 07:00


Tão perto da classificação às oitavas de final do Paulista, tão perto da zona de rebaixamento para a Série A-2. Dois pontos que levam ao céu. Ou um ao inferno. Esta é a situação do Santo André no Campeonato Paulista. Pelo menos no discurso, o time mantém os pés no chão e assume que a luta é para não cair. Com esse espírito a equipe desafia o Santos, hoje, às 19h30, na Vila Belmiro.

No comando do time que mais empatou até agora – cinco em oito jogos –, Sérgio Soares assume que outra igualdade na Baixada deve ser considerado bom resultado. “Jogar na Vila é sempre muito complicado, mas, se queremos algo maior na competição, temos de passar por esse desafio. O empate não deixa de ser bom resultado, porque se olharmos os nossos rivais (na luta contra o rebaixamento), eles ainda vão enfrentar um grande. Conseguindo a permanência podemos, de repente, chegar à classificação. Nosso primeiro objetivo é conseguir a manutenção na Série A-1”, reforçou Sérgio Soares.

O técnico quer aproveitar a instabilidade do Santos, principalmente na Vila – no Paulistão, foram dois jogos no estádio: derrota por 1 a 0 para o Bragantino e vitória por 2 a 0 sobre o São Caetano. “Podemos aproveitar a situação do Santos. Na Vila eles vão propor o jogo porque entendem que são um dos grandes do Brasil e o Santo André é o time mediano que chega para incomodar. Temos de aproveitar, deixá-los com a bola e achar os espaços no momento certo”, ensinou.

No Santos, o treinador Jair Ventura não definiu o time que vai escalar. Prestes a estrear na Libertadores – quinta-feira, contra o Real Garcilaso, no Peru – e com clássico diante do Corinthians na próxima rodada, pelo Estadual, é possível que ele poupe alguns jogadores, como o atacante Gabriel, destaque do time, que está pendurado com dois cartões amarelos.

Outro que pode ficar de fora é Copete, que reclamou de dores musculares e perdeu um treino durante a semana. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André visita o Santos e quer surpreender

Anderson Fattori
Diário do Grande ABC

25/02/2018 | 07:00


Tão perto da classificação às oitavas de final do Paulista, tão perto da zona de rebaixamento para a Série A-2. Dois pontos que levam ao céu. Ou um ao inferno. Esta é a situação do Santo André no Campeonato Paulista. Pelo menos no discurso, o time mantém os pés no chão e assume que a luta é para não cair. Com esse espírito a equipe desafia o Santos, hoje, às 19h30, na Vila Belmiro.

No comando do time que mais empatou até agora – cinco em oito jogos –, Sérgio Soares assume que outra igualdade na Baixada deve ser considerado bom resultado. “Jogar na Vila é sempre muito complicado, mas, se queremos algo maior na competição, temos de passar por esse desafio. O empate não deixa de ser bom resultado, porque se olharmos os nossos rivais (na luta contra o rebaixamento), eles ainda vão enfrentar um grande. Conseguindo a permanência podemos, de repente, chegar à classificação. Nosso primeiro objetivo é conseguir a manutenção na Série A-1”, reforçou Sérgio Soares.

O técnico quer aproveitar a instabilidade do Santos, principalmente na Vila – no Paulistão, foram dois jogos no estádio: derrota por 1 a 0 para o Bragantino e vitória por 2 a 0 sobre o São Caetano. “Podemos aproveitar a situação do Santos. Na Vila eles vão propor o jogo porque entendem que são um dos grandes do Brasil e o Santo André é o time mediano que chega para incomodar. Temos de aproveitar, deixá-los com a bola e achar os espaços no momento certo”, ensinou.

No Santos, o treinador Jair Ventura não definiu o time que vai escalar. Prestes a estrear na Libertadores – quinta-feira, contra o Real Garcilaso, no Peru – e com clássico diante do Corinthians na próxima rodada, pelo Estadual, é possível que ele poupe alguns jogadores, como o atacante Gabriel, destaque do time, que está pendurado com dois cartões amarelos.

Outro que pode ficar de fora é Copete, que reclamou de dores musculares e perdeu um treino durante a semana. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;