Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Pólo de Decoração do ABC premia arquitetos


Ana Macchi
Especial para o Diário

14/12/2004 | 10:39


O Pólo de Decoração do ABC registrou neste ano a maior concentração de vendas em seus quatro anos de existência, resultado equivalente a um aumento de mais de 30% em relação ao ano passado. Nesta terça, às 20h, no Clube Aramaçan, em Santo André, o grupo anuncia oficialmente o balanço do ano e também premiará arquitetos e decoradores que concorrem ao prêmio Plano Incentivo 2004, organizado pelo grupo.

O crescimento do Pólo, porém, não parou nas vendas. Sua história esconde um início tímido - em 2000 eram 24 empresas e 350 profissionais cadastrados - e, logo ocorreu uma reviravolta nos números. Atualmente, as 41 empresas conveniadas têm uma carta de 1,3 mil clientes - vários ex-compradores de lojas especializadas de São Paulo.

Para o diretor financeiro do Pólo, José Roberto Babler, o incremento no cadastro está diretamente vinculado ao programa de fidelização do grupo que, nesta terça, premiará os 37 arquitetos e decoradores que mais compraram no segundo semestre do ano. Entre os profissionais destacados, vários são da própria região, mas há também gente que vem do interior e litoral do Estado atrás de móveis feitos sob medida, vidro, tinta, tapete, material para construção ou cerâmica, por exemplo. Babler assegura que todas as lojas passam por vistorias freqüentes, com o objetivo de garantir qualidade no atendimento e controle rígido de prazo de entrega.

Atrativos como o Plano Incentivo - que ocorre duas vezes ao ano - e a eficiência das lojas garantiram ao Pólo que 600 profissionais comprassem com assiduidade na região. "O objetivo da fidelização é trazer mais clientes para Grande ABC. E isso os números mostram que já estamos conseguindo", disse Babler.

Tecnicamente, esses 600 profissionais concorrem aos prêmios. Porém, só o comprador do ano leva um Citroën zero km, o prêmio da noite. Há, entretanto, passagens de avião para a Europa e Estados Unidos aos 37 que mais se relacionaram com as lojas; dois pacotes turísticos para Milão (Itália) para o primeiro e segundo lugares e outro para Verona (Itália) para o terceiro lugar.

Participação - O Pólo está aberto a novos parceiros e, segundo seu gerente financeiro, há muitas empresas na fila. "Todas precisam submeter o nome para análise. A gente avalia os produtos comercializados e faz uma avaliação, mas quem decide são os associados", completou No ranking, Santo André é a que concentra o maior número de lojas, seguida por São Bernardo, São Caetano e Mauá. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pólo de Decoração do ABC premia arquitetos

Ana Macchi
Especial para o Diário

14/12/2004 | 10:39


O Pólo de Decoração do ABC registrou neste ano a maior concentração de vendas em seus quatro anos de existência, resultado equivalente a um aumento de mais de 30% em relação ao ano passado. Nesta terça, às 20h, no Clube Aramaçan, em Santo André, o grupo anuncia oficialmente o balanço do ano e também premiará arquitetos e decoradores que concorrem ao prêmio Plano Incentivo 2004, organizado pelo grupo.

O crescimento do Pólo, porém, não parou nas vendas. Sua história esconde um início tímido - em 2000 eram 24 empresas e 350 profissionais cadastrados - e, logo ocorreu uma reviravolta nos números. Atualmente, as 41 empresas conveniadas têm uma carta de 1,3 mil clientes - vários ex-compradores de lojas especializadas de São Paulo.

Para o diretor financeiro do Pólo, José Roberto Babler, o incremento no cadastro está diretamente vinculado ao programa de fidelização do grupo que, nesta terça, premiará os 37 arquitetos e decoradores que mais compraram no segundo semestre do ano. Entre os profissionais destacados, vários são da própria região, mas há também gente que vem do interior e litoral do Estado atrás de móveis feitos sob medida, vidro, tinta, tapete, material para construção ou cerâmica, por exemplo. Babler assegura que todas as lojas passam por vistorias freqüentes, com o objetivo de garantir qualidade no atendimento e controle rígido de prazo de entrega.

Atrativos como o Plano Incentivo - que ocorre duas vezes ao ano - e a eficiência das lojas garantiram ao Pólo que 600 profissionais comprassem com assiduidade na região. "O objetivo da fidelização é trazer mais clientes para Grande ABC. E isso os números mostram que já estamos conseguindo", disse Babler.

Tecnicamente, esses 600 profissionais concorrem aos prêmios. Porém, só o comprador do ano leva um Citroën zero km, o prêmio da noite. Há, entretanto, passagens de avião para a Europa e Estados Unidos aos 37 que mais se relacionaram com as lojas; dois pacotes turísticos para Milão (Itália) para o primeiro e segundo lugares e outro para Verona (Itália) para o terceiro lugar.

Participação - O Pólo está aberto a novos parceiros e, segundo seu gerente financeiro, há muitas empresas na fila. "Todas precisam submeter o nome para análise. A gente avalia os produtos comercializados e faz uma avaliação, mas quem decide são os associados", completou No ranking, Santo André é a que concentra o maior número de lojas, seguida por São Bernardo, São Caetano e Mauá. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;