Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Arma encontrada pela polícia pode ser a que matou prefeito


Do Diário OnLine

03/11/2001 | 15:22


A pistola calibre nove milímetros encontrada pela polícia na madrugada desta sexta-feira deve ser a que matou o prefeito de Campinas Antônio da Costa Santos, o Toninho do PT, na noite de 10 de setembro.

Segundo o advogado da família do prefeito, Ralph Tórtima Stettinger, Flávio Roberto Mendes Claro, o "Flavinho", 19 anos, acusado de ser o autor do disparo, reconheceu a arma. Flavinho, em depoimento anterior, já havia assumido que foi o autor do crime. Ele teria feito o disparo porque o prefeito teria reagido a uma tentativa de assalto.

O laudo que deve confirmar se a pistola foi usada na morte do prefeito deve ser divulgado neste sábado ou na próxima segunda-feira.

A pistola foi encontrada em um terreno no vizinho município de Jaguariúna. A família de Flavinho teria entregue a arma para um rapaz, cujo o nome a polícia não divulgou, que a escondeu. Os outros três suspeitos de ter participado do crime também estão presos: Anderson Rogério David, o "Boca", 20 anos, o menor A C. S., 17 anos, o "Adrianinho" e Globerson Luiz da Silva, 19 anos, o "Gro".



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;