Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Maioria parlamentar rejeita censura contra Barak


Do Diário do Grande ABC

17/07/2000 | 12:32


O Parlamento israelense (Knesset) rejeitou esta segunda-feira uma moçao de censura, apresentada por um deputado de extrema-direita contra a realizaçao do encontro de cúpula israelo-palestino de Camp David.

Quatro deputados conservadores e de extrema-direita votaram a favor, dois contra e dois se abstiveram. O restante dos 120 deputados, a imensa maioria, boicotou o debate e a votaçao.

Os parlamentares nao quiseram participar na moçao de censura, na ausência do primeiro-ministro Ehud Barak, de acordo com uma tradiçao parlamentar que só havia sido violada uma vez em toda a história de Israel.

O único deputado do partido de extrema-direita Heruth, integrante da Uniao Nacional (quatro deputados), manteve sua moçao, acusando Barak de "comprar o voto árabe" para ratificar um eventual acordo de paz com os palestinos. Por sua parte, o partido Israel Beitenu decidiu retirar sua moçao.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;