Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 23 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Emissão de passaporte ficará menos burocrática em 2018

Pixabay  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Novo sistema em fase de implementação agilizará o processo


Miriam Gimenes

14/12/2017 | 07:00


 Quem quiser tirar o passaporte no próximo ano terá uma lista menor de documentos a apresentar. É que não será mais preciso levar ao posto de emissão do documento itens como a certidão de quitação eleitoral, quitação do serviço militar e o comprovante de pagamento das taxas. Essas informações serão procuradas na base do governo em um novo sistema que deverá estar disponível em todo País até o fim de 2018. A iniciativa faz parte do programa Brasil Eficiente, que tenta desburocratizar a oferta de serviços e reduzir custos. Com esta mudança, será necessário apresentar apenas os documentos de identidade e CPF. Durante o momento da emissão serão feita a foto e registradas as digitais.

PROCESSO
Para tirar o passaporte é necessário acessar o site da Polícia Federal (www.pf.gov.br) e verificar a lista de documentos. Em seguida, tem de preencher a ficha de solicitação de emissão de passaporte e gerar a GRU (Guia de Recolhimento da União), no valor de R$ 257,25 (vigente este ano, que pode ser alterado), a ser paga em seguida. Com a confirmação do pagamento, que pode levar até três dias, deve-se agendar o atendimento em uma unidade emissora de passaporte e, no dia e hora escolhidos, levar os documentos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Emissão de passaporte ficará menos burocrática em 2018

Novo sistema em fase de implementação agilizará o processo

Miriam Gimenes

14/12/2017 | 07:00


 Quem quiser tirar o passaporte no próximo ano terá uma lista menor de documentos a apresentar. É que não será mais preciso levar ao posto de emissão do documento itens como a certidão de quitação eleitoral, quitação do serviço militar e o comprovante de pagamento das taxas. Essas informações serão procuradas na base do governo em um novo sistema que deverá estar disponível em todo País até o fim de 2018. A iniciativa faz parte do programa Brasil Eficiente, que tenta desburocratizar a oferta de serviços e reduzir custos. Com esta mudança, será necessário apresentar apenas os documentos de identidade e CPF. Durante o momento da emissão serão feita a foto e registradas as digitais.

PROCESSO
Para tirar o passaporte é necessário acessar o site da Polícia Federal (www.pf.gov.br) e verificar a lista de documentos. Em seguida, tem de preencher a ficha de solicitação de emissão de passaporte e gerar a GRU (Guia de Recolhimento da União), no valor de R$ 257,25 (vigente este ano, que pode ser alterado), a ser paga em seguida. Com a confirmação do pagamento, que pode levar até três dias, deve-se agendar o atendimento em uma unidade emissora de passaporte e, no dia e hora escolhidos, levar os documentos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;