Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 14 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Natal solidário nas ruas

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Famílias, comunidades e ONGs já estão na expectativa para distribuir doações e oferecer festas


Matheus Angioleto
Especial para o Diário

27/11/2017 | 07:00


A pouco menos de um mês do Natal, moradores, associações e entidades beneficentes se mobilizam com campanhas de arrecadação de alimentos, brinquedos e roupas para fazer da festa um dia feliz também para milhares de pessoas carentes do Grande ABC. Para os que não possuem alternativas de comemoração, receber dedicação do próximo é um grande presente.

O espírito natalino nem sempre precisa vir embrulhado em papel brilhante e amarrado em fita bonita. Pode ser encontrado em diversas iniciativas, como na montagem e apresentação do presépio na Rua Araújo Viana, número 230, no Jardim Silvina, em São Bernardo, que, há 14 anos, ‘cobra’ um quilo de alimento para doar aos carentes do bairro.

No ano passado, foram distribuídas 350 cestas básicas. O presépio social denominado Natal Sem Fome Comunidade Maria de Nazaré representa o estábulo em Belém onde nasceu Jesus Cristo e possui características do bairro, como edifícios, além de peixes de verdade no lago. “As pessoas se encontram no presépio e falam que é igual à casa que tinham no Interior. Elas volta ao passado e choram. Para o Natal, no dia 23, damos cesta básica, frango e panetone. É muito importante saber que na mesa de um irmão tem isso, o que faz a data ficar muito melhor”, afirma Aparecida Oneda Guimarães, 69.

No Parque São Bernardo, a 19ª edição do almoço comunitário já está sendo preparada pela família Lemes. O evento, que ocorre anualmente na Emeb (Escola Municipal de Ensino Básico) Professora Maria Therezinha Bessana, já está sendo planejado por Benedito da Silva Lemes, 65 anos, conhecido como Ditinho da Congada. As doações, que podem ser encaminhadas à Rua Paula Souza, 39, no mesmo bairro, chegam de todas as partes do Grande ABC e do Estado de São Paulo.

A meta deste ano é servir cardápio com arroz, feijão, macarrão, salada, carne e frango, além de 100 quilos de bolo e melancia de sobremesa. Para que cerca de 6 mil pessoas possam degustar da mesa farta, que será montada a partir das 12h do dia 25, será necessário arrecadar 600 quilos de arroz, 150 quilos de feijão, 100 quilos de macarrão e refrigerantes. O que sobrar será dividido em cestas básicas distribuídas posteriormente. E tem mais: as crianças que forem ao almoço e pegarem pulseira poderão escolher brinquedo.

“Isso me deixa muito emocionado, porque é uma família negra que está patrocinando o almoço, o que mostra diversidade. Estamos continuando história que começou há 100 anos. Me lembro de um Natal em que fui almoçar na casa de um colega e, quando a mãe dele colocou a mesa, chorei e disse que em minha casa não tínhamos nada. Ela fez uma travessa de comida e levei aos meus pais”, afirma Ditinho.

Também em São Bernardo, oito instituições, entre asilos e orfanatos, devem receber itens até dia 17, quando o Natal Solidário Dom Jaime, na Avenida Dom Jaime de Barros Câmara, no Planalto, destinará o que for recolhido nos 13 condomínios que, assim como os comércios, são postos de arrecadação. Arroz, feijão, fraldas infantis e geriátricas e material escolar estão na lista de pedidos.

Em Santo André, a ONG ABC do Bem recebe doações até o dia 15 na Rua Farroupilha, 93, no Parque Erasmo Assunção. Para destinar doces, brinquedos ou outros itens à instituição, basta entrar em contato com o presidente João Rodrigo Nalegaca, 35, que mantém página no Facebook com todas as informações (Eucurtoabcdobem).

O objetivo é destinar as doações para 500 crianças de bairros como o Parque João Ramalho, Jardim Sorocaba e Jardim Alzira Franco. A festa será realizada na Rua Sabaúna, no dia 24, das 9h às 12h, com apoio dos Anjos de Nariz Vermelho, palhaços que fazem apresentações em creches e orfanatos.

“Realizar a ação é sensacional, porque ver o sorriso no rosto de uma criança não tem preço. Faremos também a doação de cestas básicas para as famílias de nossa região. Decidi participar desde 2015, porque sempre gostei e o pessoal é muito carente. Inclusive tem criança que não ganha nada dos pais no Natal”, relata Nalegaca.

Prefeituras também organizam atividades e arrecadações
Cinco das sete cidades do Grande ABC afirmaram programar diferentes atividades solidárias para beneficiar famílias carentes da região. Entre as ações estão arrecadação de alimentos, roupas, brinquedos e realização de bazares. Diadema e Rio Grande da Serra não responderam.

Em Santo André, o FSS (Fundo Social de Solidariedade) mantém Loja Solidária no Shopping ABC e, na sexta-feira, inaugurou a segunda unidade, no Atrium Shopping. Os munícipes poderão doar roupas, brinquedos, sapatos, cobertores, entre outros itens. Durante o mês natalino, a loja terá a árvore solidária do projeto Natal Feliz.

Em São Bernardo, a ação Natal do Bem será realizada no sábado para arrecadar itens para o banco de alimentos. A distribuição não será feita de forma específica para a data comemorativa, já que se trata de trabalho contínuo. Além desta, a administração pensa em outras ações.

São Caetano realizará o Bazar de Natal na quinta-feira (19h às 21h30), na sexta (das 9h às 18h) e no sábado (9h às 13h), quando as peças confeccionadas pelos alunos do curso de artesanato estarão à venda. O esperado é que sejam dois mil itens colocados à disposição, com valores diversos. O bazar ocorrerá no Cise (Centro Integrado de Saúde e Educação da Terceira Idade) Moacyr Rodrigues, na Rua Rafael Correa Sampaio, 600. O município também arrecada itens de higiene pessoal para abrigos de idosos. A campanha começou em 13 de novembro e segue até dia 15. A doação pode ser feita no Fundo na Rua Antonio Bento, 140.

Em Mauá, todas as Unidades Básicas de Saúde e escolas municipais são postos de recolhimentos. Arrecadações podem ser feitas em supermercados, em bairros e entre outras iniciativas. O recolhimento termina no dia 10. Serão 60 entidades participantes, além de quatro mil famílias atendidas.

Em Ribeirão Pires, o Fundo Social de Solidariedade também pretende realizar série de eventos para arrecadar alimentos não perecíveis para encaminhar a entidades sociais do município.

 

Caravana Iluminada agita a região

O clima natalino não para de crescer no Grande ABC. Ontem à noite, a região serviu de ponto de partida para mais uma edição das Caravanas Iluminadas promovidas pela Coca-Cola. A tradicional atração montada pela marca atrai a atenção de público de diferentes idades por onde passa.

A preparação para o começo da jornada ontem ocorreu no estacionamento do São Bernardo Plaza Shopping, no Ferrazópolis. Milhares de pessoas curiosas andavam ao redor dos cinco caminhões temáticos, sendo que um deles levava o Papai Noel e seu trenó, outro contava com cenário montado com ursos polares e o restante apresentava banners comerciais. Detalhe que todos possuem diversas luzes prontas para iluminar o caminho traçado. 

A frota deixou o local às 19h, seguindo por diversos pontos da cidade, casos da Avenida Brigadeiro Faria Lima, Avenida Lucas Nogueira Garcez e Praça Itália. No itinerário também estava previsto passagem por vias em Diadema, como a Avenida Corredor ABD e a Rodovia Imigrantes. O ponto final foi o Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

“Consegui vê-los na Capital no ano passado. Só peguei quando eles passavam pelas ruas e, agora, vim conferir ele parado, de perto”, conta o impressor gráfico Erlon Mesquita, 39 anos, morador da Vila São Pedro. Ele chegou cedo ao shopping acompanhado da família, incluindo os filhos gêmeos Rafael e Gabriel, ambos de 4 anos, que estavam envergonhados, mas curiosos para ver a chamativa atração.

Já nas ruas, o evento gerou diversos registros e selfies, principalmente entre os adolescentes. “Vejo os caminhões mais na televisão mesmo. Na verdade, não sabia que eles estavam por aqui. Foi uma boa surpresa de Natal e renderam várias fotos”, afirma a estudante Raquel Lima Duarte, 18. 

Ontem foi apenas o segundo dia de viagens que a caravana fará em áreas e municípios próximos da cidade de São Paulo, com a agenda seguindo até dia 17, sempre aos fins de semana (www.natal.cocacola.com.br). Outros caminhões também passeiam por diferentes regiões do Brasil no mesmo período.

(Luís Felipe Soares)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Natal solidário nas ruas

Famílias, comunidades e ONGs já estão na expectativa para distribuir doações e oferecer festas

Matheus Angioleto
Especial para o Diário

27/11/2017 | 07:00


A pouco menos de um mês do Natal, moradores, associações e entidades beneficentes se mobilizam com campanhas de arrecadação de alimentos, brinquedos e roupas para fazer da festa um dia feliz também para milhares de pessoas carentes do Grande ABC. Para os que não possuem alternativas de comemoração, receber dedicação do próximo é um grande presente.

O espírito natalino nem sempre precisa vir embrulhado em papel brilhante e amarrado em fita bonita. Pode ser encontrado em diversas iniciativas, como na montagem e apresentação do presépio na Rua Araújo Viana, número 230, no Jardim Silvina, em São Bernardo, que, há 14 anos, ‘cobra’ um quilo de alimento para doar aos carentes do bairro.

No ano passado, foram distribuídas 350 cestas básicas. O presépio social denominado Natal Sem Fome Comunidade Maria de Nazaré representa o estábulo em Belém onde nasceu Jesus Cristo e possui características do bairro, como edifícios, além de peixes de verdade no lago. “As pessoas se encontram no presépio e falam que é igual à casa que tinham no Interior. Elas volta ao passado e choram. Para o Natal, no dia 23, damos cesta básica, frango e panetone. É muito importante saber que na mesa de um irmão tem isso, o que faz a data ficar muito melhor”, afirma Aparecida Oneda Guimarães, 69.

No Parque São Bernardo, a 19ª edição do almoço comunitário já está sendo preparada pela família Lemes. O evento, que ocorre anualmente na Emeb (Escola Municipal de Ensino Básico) Professora Maria Therezinha Bessana, já está sendo planejado por Benedito da Silva Lemes, 65 anos, conhecido como Ditinho da Congada. As doações, que podem ser encaminhadas à Rua Paula Souza, 39, no mesmo bairro, chegam de todas as partes do Grande ABC e do Estado de São Paulo.

A meta deste ano é servir cardápio com arroz, feijão, macarrão, salada, carne e frango, além de 100 quilos de bolo e melancia de sobremesa. Para que cerca de 6 mil pessoas possam degustar da mesa farta, que será montada a partir das 12h do dia 25, será necessário arrecadar 600 quilos de arroz, 150 quilos de feijão, 100 quilos de macarrão e refrigerantes. O que sobrar será dividido em cestas básicas distribuídas posteriormente. E tem mais: as crianças que forem ao almoço e pegarem pulseira poderão escolher brinquedo.

“Isso me deixa muito emocionado, porque é uma família negra que está patrocinando o almoço, o que mostra diversidade. Estamos continuando história que começou há 100 anos. Me lembro de um Natal em que fui almoçar na casa de um colega e, quando a mãe dele colocou a mesa, chorei e disse que em minha casa não tínhamos nada. Ela fez uma travessa de comida e levei aos meus pais”, afirma Ditinho.

Também em São Bernardo, oito instituições, entre asilos e orfanatos, devem receber itens até dia 17, quando o Natal Solidário Dom Jaime, na Avenida Dom Jaime de Barros Câmara, no Planalto, destinará o que for recolhido nos 13 condomínios que, assim como os comércios, são postos de arrecadação. Arroz, feijão, fraldas infantis e geriátricas e material escolar estão na lista de pedidos.

Em Santo André, a ONG ABC do Bem recebe doações até o dia 15 na Rua Farroupilha, 93, no Parque Erasmo Assunção. Para destinar doces, brinquedos ou outros itens à instituição, basta entrar em contato com o presidente João Rodrigo Nalegaca, 35, que mantém página no Facebook com todas as informações (Eucurtoabcdobem).

O objetivo é destinar as doações para 500 crianças de bairros como o Parque João Ramalho, Jardim Sorocaba e Jardim Alzira Franco. A festa será realizada na Rua Sabaúna, no dia 24, das 9h às 12h, com apoio dos Anjos de Nariz Vermelho, palhaços que fazem apresentações em creches e orfanatos.

“Realizar a ação é sensacional, porque ver o sorriso no rosto de uma criança não tem preço. Faremos também a doação de cestas básicas para as famílias de nossa região. Decidi participar desde 2015, porque sempre gostei e o pessoal é muito carente. Inclusive tem criança que não ganha nada dos pais no Natal”, relata Nalegaca.

Prefeituras também organizam atividades e arrecadações
Cinco das sete cidades do Grande ABC afirmaram programar diferentes atividades solidárias para beneficiar famílias carentes da região. Entre as ações estão arrecadação de alimentos, roupas, brinquedos e realização de bazares. Diadema e Rio Grande da Serra não responderam.

Em Santo André, o FSS (Fundo Social de Solidariedade) mantém Loja Solidária no Shopping ABC e, na sexta-feira, inaugurou a segunda unidade, no Atrium Shopping. Os munícipes poderão doar roupas, brinquedos, sapatos, cobertores, entre outros itens. Durante o mês natalino, a loja terá a árvore solidária do projeto Natal Feliz.

Em São Bernardo, a ação Natal do Bem será realizada no sábado para arrecadar itens para o banco de alimentos. A distribuição não será feita de forma específica para a data comemorativa, já que se trata de trabalho contínuo. Além desta, a administração pensa em outras ações.

São Caetano realizará o Bazar de Natal na quinta-feira (19h às 21h30), na sexta (das 9h às 18h) e no sábado (9h às 13h), quando as peças confeccionadas pelos alunos do curso de artesanato estarão à venda. O esperado é que sejam dois mil itens colocados à disposição, com valores diversos. O bazar ocorrerá no Cise (Centro Integrado de Saúde e Educação da Terceira Idade) Moacyr Rodrigues, na Rua Rafael Correa Sampaio, 600. O município também arrecada itens de higiene pessoal para abrigos de idosos. A campanha começou em 13 de novembro e segue até dia 15. A doação pode ser feita no Fundo na Rua Antonio Bento, 140.

Em Mauá, todas as Unidades Básicas de Saúde e escolas municipais são postos de recolhimentos. Arrecadações podem ser feitas em supermercados, em bairros e entre outras iniciativas. O recolhimento termina no dia 10. Serão 60 entidades participantes, além de quatro mil famílias atendidas.

Em Ribeirão Pires, o Fundo Social de Solidariedade também pretende realizar série de eventos para arrecadar alimentos não perecíveis para encaminhar a entidades sociais do município.

 

Caravana Iluminada agita a região

O clima natalino não para de crescer no Grande ABC. Ontem à noite, a região serviu de ponto de partida para mais uma edição das Caravanas Iluminadas promovidas pela Coca-Cola. A tradicional atração montada pela marca atrai a atenção de público de diferentes idades por onde passa.

A preparação para o começo da jornada ontem ocorreu no estacionamento do São Bernardo Plaza Shopping, no Ferrazópolis. Milhares de pessoas curiosas andavam ao redor dos cinco caminhões temáticos, sendo que um deles levava o Papai Noel e seu trenó, outro contava com cenário montado com ursos polares e o restante apresentava banners comerciais. Detalhe que todos possuem diversas luzes prontas para iluminar o caminho traçado. 

A frota deixou o local às 19h, seguindo por diversos pontos da cidade, casos da Avenida Brigadeiro Faria Lima, Avenida Lucas Nogueira Garcez e Praça Itália. No itinerário também estava previsto passagem por vias em Diadema, como a Avenida Corredor ABD e a Rodovia Imigrantes. O ponto final foi o Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

“Consegui vê-los na Capital no ano passado. Só peguei quando eles passavam pelas ruas e, agora, vim conferir ele parado, de perto”, conta o impressor gráfico Erlon Mesquita, 39 anos, morador da Vila São Pedro. Ele chegou cedo ao shopping acompanhado da família, incluindo os filhos gêmeos Rafael e Gabriel, ambos de 4 anos, que estavam envergonhados, mas curiosos para ver a chamativa atração.

Já nas ruas, o evento gerou diversos registros e selfies, principalmente entre os adolescentes. “Vejo os caminhões mais na televisão mesmo. Na verdade, não sabia que eles estavam por aqui. Foi uma boa surpresa de Natal e renderam várias fotos”, afirma a estudante Raquel Lima Duarte, 18. 

Ontem foi apenas o segundo dia de viagens que a caravana fará em áreas e municípios próximos da cidade de São Paulo, com a agenda seguindo até dia 17, sempre aos fins de semana (www.natal.cocacola.com.br). Outros caminhões também passeiam por diferentes regiões do Brasil no mesmo período.

(Luís Felipe Soares)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;