Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Chance de aprovação da reforma da Previdência é muito pequena, diz Baleia Rossi

Valter Campanato/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


06/11/2017 | 17:19


O líder do PMDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP), admitiu nesta tarde de segunda-feira, 6, que o governo não tem voto suficiente para aprovar a reforma da Previdência e que as chances da matéria ser apreciada são muito pequenas. Segundo o peemedebista, antes da votação das duas denúncias contra o presidente Michel Temer, as negociações em torno do tema estavam avançando de forma mais favorável ao governo e que agora, se houver interesse em pautar o tema, o Palácio do Planalto terá de retomar esse esforço. "É um trabalho que tem que começar do zero", disse.

Baleia Rossi disse que a base aliada pode concentrar os esforços nas propostas do ajuste fiscal e não dá para o governo depender exclusivamente da reforma da Previdência.

O líder da bancada também criticou o impasse entre os tucanos, que discutem o desembarque do governo a partir de dezembro. Para Baleia Rossi, a situação causa desconforto. "Se existe decisão (do PSDB) de sair do governo, que seja imediatamente. Não tem por que esperar dezembro", afirmou.

O peemedebista mandou um recado direto aos tucanos: "Se tem alguém não satisfeito, não tem por que permanecer".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chance de aprovação da reforma da Previdência é muito pequena, diz Baleia Rossi


06/11/2017 | 17:19


O líder do PMDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP), admitiu nesta tarde de segunda-feira, 6, que o governo não tem voto suficiente para aprovar a reforma da Previdência e que as chances da matéria ser apreciada são muito pequenas. Segundo o peemedebista, antes da votação das duas denúncias contra o presidente Michel Temer, as negociações em torno do tema estavam avançando de forma mais favorável ao governo e que agora, se houver interesse em pautar o tema, o Palácio do Planalto terá de retomar esse esforço. "É um trabalho que tem que começar do zero", disse.

Baleia Rossi disse que a base aliada pode concentrar os esforços nas propostas do ajuste fiscal e não dá para o governo depender exclusivamente da reforma da Previdência.

O líder da bancada também criticou o impasse entre os tucanos, que discutem o desembarque do governo a partir de dezembro. Para Baleia Rossi, a situação causa desconforto. "Se existe decisão (do PSDB) de sair do governo, que seja imediatamente. Não tem por que esperar dezembro", afirmou.

O peemedebista mandou um recado direto aos tucanos: "Se tem alguém não satisfeito, não tem por que permanecer".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;