Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado pede prazo de dez dias para avaliar invasão

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário OnLine

31/10/2017 | 20:25


O Governo do Estado de São Paulo pediu dez dias de prazo para se manifestar sobre a área particular invadida no bairro pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) no bairro Assunção, em São Bernardo.

Comissão do movimento se reuniu com representantes do Estado na tarde desta terça-feira, no Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, após realizar marcha que partiu nas primeiras horas da manhã do acampamento Povo Sem Medo, em São Bernardo, contabilizando 23 quilômetros até à sede do Governo, na Zona Sul da Capital.

Segundo o deputado estadual José Américo (PT), que participou do encontro, neste período o governo estadual irá avaliar as propostas apresentadas pelo grupo. O prazo também serve para o Estado aguardar anúncio que deve ser feito pela União sobre a nova fase do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Os sem-teto, que desde o dia 2 de setembro ocupam área de 76 mil metros quadrados em São Bernardo, formaram uma comissão de dez pessoas, entre elas Guilherme Boulos, líder do movimento. Eles foram recepcionados pelo chefe da Casa Civil, Samuel Moreira (PSDB), e pelo secretário de Habitação, Rodrigo Garcia (DEM).
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estado pede prazo de dez dias para avaliar invasão

Do Diário OnLine

31/10/2017 | 20:25


O Governo do Estado de São Paulo pediu dez dias de prazo para se manifestar sobre a área particular invadida no bairro pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) no bairro Assunção, em São Bernardo.

Comissão do movimento se reuniu com representantes do Estado na tarde desta terça-feira, no Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, após realizar marcha que partiu nas primeiras horas da manhã do acampamento Povo Sem Medo, em São Bernardo, contabilizando 23 quilômetros até à sede do Governo, na Zona Sul da Capital.

Segundo o deputado estadual José Américo (PT), que participou do encontro, neste período o governo estadual irá avaliar as propostas apresentadas pelo grupo. O prazo também serve para o Estado aguardar anúncio que deve ser feito pela União sobre a nova fase do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Os sem-teto, que desde o dia 2 de setembro ocupam área de 76 mil metros quadrados em São Bernardo, formaram uma comissão de dez pessoas, entre elas Guilherme Boulos, líder do movimento. Eles foram recepcionados pelo chefe da Casa Civil, Samuel Moreira (PSDB), e pelo secretário de Habitação, Rodrigo Garcia (DEM).
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;