Fechar
Publicidade

Sábado, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Suspeito é morto pela PM em confronto na Rocinha nesta quarta-feira

EBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


18/10/2017 | 19:25


Um suspeito morreu após ser baleado durante confronto com policiais militares, na tarde desta quarta-feira, 18, na Favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro. O nome da vítima não havia sido divulgado até o fim da tarde desta quarta.

Segundo a PM, moradores avisaram que havia homens armados na Rua 2, próximo ao local conhecido como Valão. Quando chegaram à via, policiais do Batalhão de Choque foram recebidos a tiros. Eles revidaram e um suspeito foi atingido. O rapaz chegou a ser levado ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, também na zona sul, mas morreu.

Segundo a PM, ele portava uma granada e uma pistola Taurus PT 909, calibre 9 milímetros, com carregador e munições.

Esta é a segunda morte violenta registrada na Rocinha nesta semana. Na terça-feira, 17, um homem morreu baleado - segundo a Polícia Militar, não em confronto com policiais. Carlos Eduardo Neves Mariano, de 33 anos, chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Miguel Couto, onde morreu. Até esta quarta-feira, o autor do disparo não havia sido identificado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Suspeito é morto pela PM em confronto na Rocinha nesta quarta-feira


18/10/2017 | 19:25


Um suspeito morreu após ser baleado durante confronto com policiais militares, na tarde desta quarta-feira, 18, na Favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro. O nome da vítima não havia sido divulgado até o fim da tarde desta quarta.

Segundo a PM, moradores avisaram que havia homens armados na Rua 2, próximo ao local conhecido como Valão. Quando chegaram à via, policiais do Batalhão de Choque foram recebidos a tiros. Eles revidaram e um suspeito foi atingido. O rapaz chegou a ser levado ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, também na zona sul, mas morreu.

Segundo a PM, ele portava uma granada e uma pistola Taurus PT 909, calibre 9 milímetros, com carregador e munições.

Esta é a segunda morte violenta registrada na Rocinha nesta semana. Na terça-feira, 17, um homem morreu baleado - segundo a Polícia Militar, não em confronto com policiais. Carlos Eduardo Neves Mariano, de 33 anos, chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Miguel Couto, onde morreu. Até esta quarta-feira, o autor do disparo não havia sido identificado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;