Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Caetano faz jogo de risco contra o Palmeiras


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

19/06/2004 | 19:30


O São Caetano entra em campo neste domingo (16h, com Sportv), diante do Palmeiras, no Anacleto Campanella, com um dilema tático. O técnico Muricy Ramalho não esconde que precisa dos três pontos para encostar de vez nos líderes do Brasileiro e, assim, tem de ir para o ataque. Mas o alviverde tem, no contra-ataque, sua principal arma, o que promete fazer com que o jogo ganhe emoção de um verdadeiro clássico. Mais do que isso, o equilíbrio nos confrontos entre as equipes mostra como a disputa será acirrada. Foram 11 jogos, com cinco vitórias para cada lado e um empate.

O Palmeiras quer continuar a ser o carrasco das equipes paulistas no Nacional. Nas nove oportunidades em que entrou em campo, três foram para encarar times de São Paulo. O resultado? Vitória contra Corinthians, Ponte Preta e Santos. Mas o Azulão tem outro número favorável a ele, e ainda não perdeu em casa.

Com 14 pontos e um jogo a menos, o Azulão entra em campo pensando em não se distanciar dos líderes Criciúma e São Paulo, com 18 cada. O Palmeiras tem 15, mas disputou uma partida a mais, e não quer perder posições na tabela de classificação.

“O que pode fazer a diferença em um jogo tão equilibrado é o fato de poder atuar no seu campo, como mandante”, disse o técnico Muricy Ramalho, sem esconder sua preocupação com a rapidez do time alviverde na saída de jogo. “O Palmeiras tem um elenco de qualidade, é um time jovem e com muita velocidade. Quando é atacado, se torna perigoso no contra-ataque”, explicou o treinador.

O São Caetano tem o retorno dos laterais Ânderson Lima (pela direita) e Triguinho (pela esquerda). Lúcio Flávio e Gilberto são os responsáveis pela armação do time. Muricy treinou ainda uma nova opção, com sucesso. A entrada de Márcio Alexandre mais avançado pela ala esquerda, com Triguinho na marcação, junto de Mineiro. Com esta formação, Marcelo Mattos saiu do time.

No alviverde, o zagueiro Leonardo (suspenso) e o atacante Muñoz (contundido) são os desfalques. Entram Gabriel e Thiago Gentil. Apesar das mudanças, o volante Magrão garante que sua equipe não terá problemas com entrosamento. “Não tem muito segredo no Palmeiras. O grupo se conhece muito bem já há algum tempo”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;