Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Iraque interrompe voos em duas cidades do Curdistão após plebiscito



29/09/2017 | 08:39


Uma determinação do governo do Iraque para que sejam interrompidos todos os voos internacionais em duas cidades do Curdistão entra em vigor na noite desta sexta-feira (hora local). A medida de Bagdá foi tomada em meio a tensões depois da realização na segunda-feira de um plebiscito pela independência da região nesta semana no Curdistão e em territórios disputados.

O Ministério dos Transportes determinou que as companhia aéreas interrompam o serviço para Irbil, capital regional do Curdistão, e para a segunda maior cidade curda, Sulaimaniyah. As companhias regionais têm dito que cumprirão o veto.

A votação sem caráter de lei, na qual os curdos defenderam majoritariamente a independência do Iraque, foi apontada por líderes curdos como um exercício de autodeterminação. A ideia de um Estado independente tem sido central para os políticos curdos há décadas.

Já um importante clérigo xiita do Iraque, o grão aiatolá Ali al-Sistani, afirmou nesta sexta-feira que a votação "é uma tentativa de dividir o Iraque e tomar nossa parte norte para estabelecer um Estado independente". Al-Sistani disse que todos os partidos do Iraque devem obedecer a Constituição e advertiu contra "passos unilaterais" para dividir o país. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Iraque interrompe voos em duas cidades do Curdistão após plebiscito


29/09/2017 | 08:39


Uma determinação do governo do Iraque para que sejam interrompidos todos os voos internacionais em duas cidades do Curdistão entra em vigor na noite desta sexta-feira (hora local). A medida de Bagdá foi tomada em meio a tensões depois da realização na segunda-feira de um plebiscito pela independência da região nesta semana no Curdistão e em territórios disputados.

O Ministério dos Transportes determinou que as companhia aéreas interrompam o serviço para Irbil, capital regional do Curdistão, e para a segunda maior cidade curda, Sulaimaniyah. As companhias regionais têm dito que cumprirão o veto.

A votação sem caráter de lei, na qual os curdos defenderam majoritariamente a independência do Iraque, foi apontada por líderes curdos como um exercício de autodeterminação. A ideia de um Estado independente tem sido central para os políticos curdos há décadas.

Já um importante clérigo xiita do Iraque, o grão aiatolá Ali al-Sistani, afirmou nesta sexta-feira que a votação "é uma tentativa de dividir o Iraque e tomar nossa parte norte para estabelecer um Estado independente". Al-Sistani disse que todos os partidos do Iraque devem obedecer a Constituição e advertiu contra "passos unilaterais" para dividir o país. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;