Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Os três pilares

Com a proximidade da Conferência das Nações Unidas...


Dgabc

27/05/2012 | 00:00


Artigo

Com a proximidade da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, marcada para junho, é oportuno e pertinente analisar a questão relativa ao lixo urbano, também em pauta no Brasil devido à aprovação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela Lei 12.305. A atividade econômica inerente à coleta, destinação e reciclagem dos produtos é uma das poucas que respondem de modo pleno aos três pilares do evento da ONU: o econômico, o social e o ambiental.

Por isso, a questão precisa ser tratada sob nova perspectiva, mais condizente com os níveis profissional, tecnológico e de investimento atuais. Estamos falando da IVR (Indústria de Valorização dos Resíduos), que consubstancia uma cadeia produtiva que cria empregos de modo intensivo, recolhe impostos substantivos, produz itens de valor agregado, além de uma série de subprodutos obtidos com a reciclagem.

Diversas questões envolvem essa atividade, mas a principal é o foco, antes voltado para a disposição dos resíduos, e agora fixado na valorização destes. Cada aterro de resíduo urbano deve tornar-se um aterro sanitário que, atendendo a todas as normas técnicas e ambientais, possua unidade de triagem para aproveitar a parte reciclável do resíduo. Quando viável, deve ser implementada também a unidade de valorização dos resíduos, que pode ser uma termelétrica para geração de energia renovável a partir do biogás gerado no aterro.

Este é um negócio complexo, moderno e de elevado custeio. Exigem-se vultoso aporte financeiro e tecnologia de ponta para se implantarem sistemas de coleta domiciliar, de coleta seletiva, unidades de triagem de materiais recicláveis e usinas termelétricas.

Portanto, o tema não pode continuar sendo tratado no plano da retórica e de modo superficial. Faz se necessário maior senso de urgência para a realização da prática, uma vez que as possibilidades técnicas já existem.

Para regular e salvaguardar diretos como qualidade de vida e sustentabilidade, é preciso que estejam bem estabelecidos os parâmetros das normas legais, técnicas, ambientais, econômicas e jurídicas, fatores fundamentais para preservar os objetivos perseguidos pelas nações na Rio+20.

Carlos Bezerra é diretor de projetos especiais da Vega Engenharia Ambiental.

PALAVRA DO LEITOR

Chico Mendes

Fazia tempo que não visitava o Parque Chico Mendes, orgulho da cidade de São Caetano. Porém, foi uma decepção ver o estado de abandono em que se encontra. Em uma parte do parque tem um lago, que é atravessado por uma passarela, a qual encontra-se quebrada, e a água desse lago está mau cheirosa. No restante do parque nota-se a falta de cuidado, como na pista. Pergunto o porquê disso? Pois existe outro parque, o Santa Maria, que é bem menor, mas com manutenção de fazer inveja. Por que a diferença?

Demesio da Silva, São Caetano

Greves

Greves e mais greves perturbando a todos aqueles que lutam diariamente em busca do mínimo para sustento da família. O senhor Lula foi o maior incentivador de greves em nosso País. Agora, refeita sua saúde, pois se apresenta muito bem em horário político, seria de bom alvitre que esse cidadão aparecesse viajando em ônibus lotado para, aí sim, avaliar o resultado nefasto das greves que ele mesmo tanto incentivou. Como seu maior prazer é aparecer na mídia, seria para ele ótima oportunidade para que fizesse uso de uma de suas maiores criações: as greves.

Américo Del Corto, Ribeirão Pires

Soluções

Autoridades de Santo André: prefeito Aidan Ravin, vereadores, secretário dos Transportes, para melhorar o trânsito para todos, São Bernardo concluiu a nova Lions. Fez, provavelmente com Santo André, o viaduto sobre a Avenida Lauro Gomes. E Santo André, o que vai fazer na Prestes Maia com aquela quantidade de semáforos? Da Fundação Santo André até a Rua das Figueiras há cinco deles e mais um na Tamarutaca. Querem solução? Na Fundação e na Tamarutaca completem com passarela nos viadutos existentes. Abram e-mail para a população e ela lhes dará sugestões que, com certeza, poderiam aproveitar. A eleição está chegando! Está na hora de mostrar serviço e trabalhar!

Guilherme J.Ster, São Bernardo

Repetência

Sobre a reportagem de que São Caetano tem escola que mais reprova no Estado (Setecidades, dia 23), acho triste ver essa realidade na cidade. Como uma escola, a EE Maria Trujillo Trilamo, que já foi a melhor do município, pode chegar a esse estado? Como cidadão são-caetanense, fico decepcionado em ter de ler esse tipo de reportagem, que mostra a dura realidade da Educação em nosso País.

Fernando Zucatelli, São Caetano

Economia

Estou bem confusa, leio e ouço que o Brasil em tudo está melhorando. Mas o que vejo na realidade é mais ou menos isso: uma amiga comenta que na empresa do marido deram férias coletivas porque tudo está muito devagar, ao mesmo tempo meu filho me informa sobre a greve no metrô e no trem. O que está acontecendo? Será mesmo que nosso País está a 1.000 maravilhas como ouço alguns em Brasília exclamar? Será que o problema é comigo? Amnésia? Alzheimer, talvez?

Rosângela Caris, Mauá 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;