Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Por que a galinha não voa se ela possui asas?


Tauana Marin
Diário do Grande ABC

27/08/2017 | 07:00


 Ao contrário do que muitos acreditam, as galinhas podem voar, sim, apesar de serem voos baixos e por poucos metros. A habilidade, chamada de ‘voo batido’, faz com que se desloquem por pequena área, mas logo voltam ao chão. Geralmente a utilizam para tentar sair do poleiro onde vivem ou fugir de alguém ou um predador.

Esses animais têm hábitos terrícolas, de ciscar e procurar alimentos no chão. Como esse dia a dia ocorre na superfície, o voo alto perde sua importância vital. Além disso, os ossos pneumáticos (ocos, com cavidades cheias de ar), que dão maior leveza ao esqueleto, não são bem desenvolvidos como em aves voadoras de grandes distâncias, como pombos e papagaios. As asas servem mais como membros constitutivos, ou seja, para dar equilíbrio. O mesmo acontece com galos e pintinhos.

CARACTERÍSTICAS - A galinha é um dos animais mais domesticados do mundo. As primeiras criações domésticas da espécie surgiram provavelmente na Ásia, há cerca de 4.000 anos.

Na natureza, ela se alimenta de insetos, grãos, sementes, frutas e minhocas. Já as que vivem na indústria (onde acontece a produção em massa dos ovos que os seres humanos compram) comem apenas ração balanceada. Em média, vivem até 16 anos.

Cada representante da espécie pode botar até um ovo por dia, iniciando a postura própria para a ação com mais ou menos 18 semanas de idade. No setor industrial, a produção se estende até 80 semanas de vida. As chamadas ‘poedeiras’ (galinhas que ‘botam’ ovos) que trabalham nesse tipo de mercado possuem genética alterada e podem produzir cerca de 370 ovos por ciclo de produção, entre 18 e 80 semanas de idade.

A galinha por si só, em razão das características do seu sistema reprodutor, produz ovos sem que haja a necessidade de se reproduzir com o galo. Já, quando isso acontece, nascem os pintinhos. A cor do item é determinada pela raça da galinha. Por isso existem ovos brancos, bege e bege-escuro.

Espécie tem hábito de montar suas próprias famílias, formadas ao lado de um galo para cada dez galinhas

Pergunta enviada por Isabelly Soares Duarte, 10 anos, de Rio Grande da Serra.

Consultoria de Márcia Nishizawa Angrisano, mestre e doutora em ornitopatologia e professora do curso de Medicina Veterinária da Universidade Metodista de São Paulo, em São Bernardo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Por que a galinha não voa se ela possui asas?

Tauana Marin
Diário do Grande ABC

27/08/2017 | 07:00


 Ao contrário do que muitos acreditam, as galinhas podem voar, sim, apesar de serem voos baixos e por poucos metros. A habilidade, chamada de ‘voo batido’, faz com que se desloquem por pequena área, mas logo voltam ao chão. Geralmente a utilizam para tentar sair do poleiro onde vivem ou fugir de alguém ou um predador.

Esses animais têm hábitos terrícolas, de ciscar e procurar alimentos no chão. Como esse dia a dia ocorre na superfície, o voo alto perde sua importância vital. Além disso, os ossos pneumáticos (ocos, com cavidades cheias de ar), que dão maior leveza ao esqueleto, não são bem desenvolvidos como em aves voadoras de grandes distâncias, como pombos e papagaios. As asas servem mais como membros constitutivos, ou seja, para dar equilíbrio. O mesmo acontece com galos e pintinhos.

CARACTERÍSTICAS - A galinha é um dos animais mais domesticados do mundo. As primeiras criações domésticas da espécie surgiram provavelmente na Ásia, há cerca de 4.000 anos.

Na natureza, ela se alimenta de insetos, grãos, sementes, frutas e minhocas. Já as que vivem na indústria (onde acontece a produção em massa dos ovos que os seres humanos compram) comem apenas ração balanceada. Em média, vivem até 16 anos.

Cada representante da espécie pode botar até um ovo por dia, iniciando a postura própria para a ação com mais ou menos 18 semanas de idade. No setor industrial, a produção se estende até 80 semanas de vida. As chamadas ‘poedeiras’ (galinhas que ‘botam’ ovos) que trabalham nesse tipo de mercado possuem genética alterada e podem produzir cerca de 370 ovos por ciclo de produção, entre 18 e 80 semanas de idade.

A galinha por si só, em razão das características do seu sistema reprodutor, produz ovos sem que haja a necessidade de se reproduzir com o galo. Já, quando isso acontece, nascem os pintinhos. A cor do item é determinada pela raça da galinha. Por isso existem ovos brancos, bege e bege-escuro.

Espécie tem hábito de montar suas próprias famílias, formadas ao lado de um galo para cada dez galinhas

Pergunta enviada por Isabelly Soares Duarte, 10 anos, de Rio Grande da Serra.

Consultoria de Márcia Nishizawa Angrisano, mestre e doutora em ornitopatologia e professora do curso de Medicina Veterinária da Universidade Metodista de São Paulo, em São Bernardo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;