Cena Política Titulo
Divisão de PSB e PSDB na região
Por Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC
28/07/2017 | 07:00
Compartilhar notícia


O encaminhamento eleitoral que a cúpula nacional do PSB tem feito para a eleição ao governo do Estado no ano que vem está preocupando algumas lideranças do partido no Grande ABC. Tudo porque há parcerias entre tucanos e socialistas na maioria das cidades da região, elo esse que pode ficar estremecido caso o PSB decida apostar num nome próprio ao Palácio dos Bandeirantes – seria o vice-governador Márcio França –, rivalizando com o PSDB, que não abre mão de ter seu postulante à sucessão de Geraldo Alckmin (PSDB). Um dos exemplos é o presidente da Câmara de Santo André, Almir Cicote (PSB), que é especulado para ser candidato a deputado com apoio de parte do governo do prefeito andreense, Paulo Serra (PSDB). O grupo de apoio de Cicote monitora de perto uma possível candidatura própria do partido ao governo do Estado.

Lista de satisfação

O instituto Indsat realizou pesquisa de satisfação popular com os governos das dez maiores cidades do Estado e apontou que o prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), é o governante com melhor nota emitida pela população. Numa escala que vai de zero a 1.000, Atila recebeu nota 669, o que, pelo conceito da empresa, significa que a gestão do socialista tem alto grau de satisfação popular. No geral, 6% classificaram o governo como ótimo, 45% como bom, 35% como regular, 6% como ruim e 8% como péssimo. Foram ouvidos 400 munícipes.

Lista de satisfação – 2

Outras duas cidades do Grande ABC foram avaliadas pelo Indsat. São Bernardo, do prefeito Orlando Morando (PSDB), apareceu na terceira colocação – atrás da Capital, de João Doria (PSDB). Paulo Serra (PSDB), de Santo André, foi o quarto mais bem avaliado. Ambos tiveram nota que os deixaram com grau médio de satisfação da população entrevistada.

Resposta

Ex-prefeito de Mauá e condenado pela Justiça da cidade por improbidade administrativa por manter alto número de comissionados durante seu governo, Donisete Braga (PT) declarou que vai recorrer da decisão. O petista disse que buscou reduzir o índice de apadrinhados e que a Câmara não deu andamento a um projeto de lei protocolado por ele para reorganização administrativa.

União

Vereadores de São Bernardo que já manifestaram desejo de se candidatar a deputado na eleição do ano que vem começaram a conversar reservadamente nos gabinetes dos Legislativos. A ideia é tentar aglutinar projetos para rivalizar com empreitadas patrocinadas pelo governo de Orlando Morando (PSDB), defendidas pelo PT ou aliadas do deputado federal Alex Manente (PPS).

Carona

A inauguração de um atacadista na Vila Nogueira, em Diadema, causou congestionamento no trânsito local e também de políticos da cidade. Vários buscaram pegar carona na abertura da loja – muitos discursaram, inclusive, já que o local tem estimativa de contratação de 500 funcionários, sendo majoritariamente eles moradores (e eleitores) de Diadema.

Férias interrompidas

A presidência da Câmara de Ribeirão Pires convocou para hoje sessão extraordinária para votar dois projetos da Prefeitura. O governo de Adler Kiko Teixeira (PSB) quer aproveitar o fato de muitos vereadores do bloco independente estarem em viagem para emplacar, sem sustos, as propostas – vale lembrar que os trabalhos legislativos retornam na próxima semana. 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;