Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Caetano joga à mineira para surpreender América


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

18/08/2001 | 00:11


  O São Caetano entra mineirinho em campo neste sábado, às 16h, contra o América, no estádio Independência, em Belo Horizonte. O time do Grande ABC quer arrancar os três pontos do embalado Coelho, que venceu o Cruzeiro no meio da semana. E, para isso, promete ganhar espaço com a tática local, aos poucos.

Dininho, representante de Minas Gerais no elenco, sabe bem o que é isso. “Mineiro é gente boa, mas quando entra em campo se transforma. É todo mundo tranqüilo fora dele, mas dentro tem de ter o espírito de guerra”, disse o zagueiro de Itagipe, no Triângulo Mineiro.

A única dúvida no Azulão, que ocupa a 19ª colocação, com seis pontos ganhos, é o atacante Wágner, que sentiu dores na região adutora durante a partida contra o Fluminense, na quarta-feira. O jogador foi poupado do recreativo desta sexta pela manhã e provavelmente cederá lugar a Edu Sales, que tem característica parecida com a sua: a velocidade.

“As chances de eu jogar são grandes, mas estou esperando a decisão do treinador. Tenho o mesmo estilo do Wágner, que é a agilidade, mas todos podem entrar, como o Sandro (Gaúcho), que também está bem”, disse o atacante. Muller, que voltou a se juntar ao grupo, conversou muito tempo com o técnico Jair Picerni, mas deve ser opção de banco na partida.

O lateral-direito Júlio César, que sofreu a mesma lesão de Wágner, está recuperado. O jogador acredita que a contusão surgiu pela seqüência de jogos, pois estava dois meses parado antes de estrear no São Caetano. “O susto passou, não estou sentindo mais nada”, afirmou o lateral, que conhece bem o estilo do técnico Lula Pereira, do América, com quem trabalhou em 1999, no Botafogo, e no ano passado, na Portuguesa. “Ele gosta de pegada e vai prevalecer a vontade de vencer e do conjunto”.

Para o capitão Daniel, a seqüência de empates está deixando o grupo ansioso. “Não estamos mal, mas podemos conseguir um resultado melhor”, disse o zagueiro, que sabe que vai encontrar pedreira em Belo Horizonte. “Eles estão motivados pela vitória contra o Cruzeiro e vão vir com tudo”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;