Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Justiça decide se decreta prisão de 'Barney' nesta 2ª


Do Diário OnLine

29/09/2003 | 11:50


A Justiça de São Paulo decide nesta segunda-feira se acata ou não o pedido de prisão preventiva feita contra o produtor do Domingo legal, do SBT, Amilton Tadeu dos Santos ('Barney'). Ele é apontado como o arranjador da falsa entrevista exibida, em 7 de setembro, com dois supostos membros do Primeiro Comando da Capital (PCC).

O pedido de prisão foi feito porque 'Barney' é suspeito de ter ameaçado o ator Carlinhos Rocha, testemunha no inquérito sobre a reportagem forjada. Rocha relatou à polícia que chegou a ser sondado pelo produtor para se passar por um bandido na entrevista. Ele também entregou ao Deic um fax comprovando a armação.

Na reportagem, os atores Wagner Faustino da Silva (que se identificava como 'Alfa') e Antônio Rodrigues da Silva ('Beta') apareceram encapuzados e ameaçaram diversas personalidades, como o vice-prefeito de São Paulo, Hélio Bicudo, e os apresentadores José Luiz Datena (Bandeirantes) e Marcelo Rezende (Rede TV!). Os dois, bem como 'Barney', foram indiciados por apologia ao crime.

Audiência - Após um fim de semana fora do ar, por ordem judicial, o programa Domingo Legal, apresentado por Gugu Liberato, voltou à grade do SBT. Como já se esperava, a audiência da atração caiu para 16 pontos, segundo o Ibope, contra a média de 25 marcados pela Globo.

Caso - O inquérito instaurado pela Polícia Civil foi encerrado na quinta-feira, com o depoimento de Gugu, que voltou a negar que soubesse do conteúdo da matéria. Também já foram indiciados o produtor Rogério Casagrande e o jornalista Wagner Maffezoli, no artigo 16 da Lei de Imprensa, que prevê punição para quem divulgar notícias falsas ou fatos verdadeiros deturpados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;