Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Empresário é assassinado na frente das filhas



12/01/2007 | 22:31


O empresário Antonio Marganelli, de 43 anos, foi assassinado na última quinta-feira na frente de suas filhas de 10 e 12 anos, em Santos. Marganelli foi atingido por um disparo na cabeça quando estava dentro de seu carro, na frente de um condomínio de classe média alta, onde suas filhas moram com a sua ex-mulher.

Além das crianças, duas outras pessoas teriam presenciado o crime e uma delas viu o criminoso fugir em uma motocicleta. Nada chegou a ser roubado e o bandido teria atirado no empresário ao mesmo tempo em que dizia: "é um assalto".

De acordo com o delegado que preside o inquérito, Luiz Eduardo Fiore Maia, a polícia está investigando não só apenas a possibilidade de roubo seguido de morte. “Vamos verificar também se haviam problemas familiares ou profissionais na vida da vítima”, disse o delegado, que afirmou ter pistas para identificar o autor do crime.

Antonio Marganelli chegou a ser encaminhado ao Pronto Socorro Central de Santos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em seguida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresário é assassinado na frente das filhas


12/01/2007 | 22:31


O empresário Antonio Marganelli, de 43 anos, foi assassinado na última quinta-feira na frente de suas filhas de 10 e 12 anos, em Santos. Marganelli foi atingido por um disparo na cabeça quando estava dentro de seu carro, na frente de um condomínio de classe média alta, onde suas filhas moram com a sua ex-mulher.

Além das crianças, duas outras pessoas teriam presenciado o crime e uma delas viu o criminoso fugir em uma motocicleta. Nada chegou a ser roubado e o bandido teria atirado no empresário ao mesmo tempo em que dizia: "é um assalto".

De acordo com o delegado que preside o inquérito, Luiz Eduardo Fiore Maia, a polícia está investigando não só apenas a possibilidade de roubo seguido de morte. “Vamos verificar também se haviam problemas familiares ou profissionais na vida da vítima”, disse o delegado, que afirmou ter pistas para identificar o autor do crime.

Antonio Marganelli chegou a ser encaminhado ao Pronto Socorro Central de Santos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em seguida.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;