Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Copa Diarinho está perto de iniciar cheia de novidades


da Redação

08/08/2011 | 07:08


Faltam poucas semanas para a estreia de mais uma edição da competição que agita a garotada que tem até 15 anos: a Copa Diarinho. Com nova fórmula e organização, estará ao encargo da Confederação Brasileira de Futebol 7 Society. Como de costume, os jogos continuam nas tardes de domingo, serão todos no Play Ball de São Caetano e a expectativa é que começe ainda em agosto e termine no mês de novembro.

Serão 24 equipes participantes, metade na categoria sub-13 e a outra parte na sub-15. Serão formados dois grupos de seis times, classificam-se quatro para a segunda fase e depois vira mata-mata, totalizando 82 jogos ao fim do campeonato.

"Só entramos em competições quando são sérias, competentes e corretas, como é a Copa Diarinho, melhor torneio da categoria no País", afirmou o vice-presidente da Confederação, Milton Mattani. "Fizemos 150 convites a clubes sociais e escolas de esporte, de futebol e de ensino fundamental para ter mescla e troca de experiência de jogadores e contato de crianças de todos os tipos de escolas", completou.

A organização divulgou que 12 equipes já estão inscritas e que a expectativa é fechar as vagas restantes até quarta-feira, para realizar o congresso técnico entre os dias 15 e 16 e divulgar a tabela. Mattani espera atingir a marca de 500 participantes, sendo que cada equipe pode inscrever até 20 jogadores.

 "Teremos índice técnico elevado", projetou o vice-presidente. "E a cada semana vamos divulgar a seleção da rodada de cada categoria, para estimular a garotada", inovou Milton Mattani.

 

ARBITRAGEM - Ano após ano os juízes são apontados por pais e atletas como grandes carrascos. Neste ano a ideia da Confederação é dar um basta nisso. "Contratamos empresa com árbitros diplomados e reciclados. Estamos orientando-os que as crianças precisam mais de informação e pedagogia do que punição", afirmou Mattani.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;