Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Lesmas, caracóis e baratas sentem dor


Do Diário do Grande ABC

14/05/2000 | 16:40


Durante um encontro da organizaçao britânica Universities Federation for Animal Welfare, pesquisadores discutiram novos estudos que revelam que lesmas, caracóis e baratas sentem dor e que as pessoas deviam pensar duas vezes antes de matar uma mosca.

O pesquisador Chris Sherwin, da Universidade de Bristol, disse que os insetos reagem da mesma forma que um gato e um cachorro a choques elétricos, o que demonstra que eles sentem dor.

Outros estudos feitos com animais na Universidade de Cambridge descobriram que as vacas têm reaçoes emocionais e que as ovelhas sao capazes de distinguir uma pessoa da outra.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lesmas, caracóis e baratas sentem dor

Do Diário do Grande ABC

14/05/2000 | 16:40


Durante um encontro da organizaçao britânica Universities Federation for Animal Welfare, pesquisadores discutiram novos estudos que revelam que lesmas, caracóis e baratas sentem dor e que as pessoas deviam pensar duas vezes antes de matar uma mosca.

O pesquisador Chris Sherwin, da Universidade de Bristol, disse que os insetos reagem da mesma forma que um gato e um cachorro a choques elétricos, o que demonstra que eles sentem dor.

Outros estudos feitos com animais na Universidade de Cambridge descobriram que as vacas têm reaçoes emocionais e que as ovelhas sao capazes de distinguir uma pessoa da outra.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;