Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Híbridos estão mais próximos

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


25/08/2010 | 07:01


Até o fim do ano, a Ford vai vender no mercado brasileiro o sedã Fusion na versão híbrida. O diretor de marketing e vendas da montadora, Jorge Chear, confirmou a informação em Dearborn, nos Estados Unidos, durante evento de lançamento do New Fiesta. O modelo será apresentado aqui durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro.

"O volume será pequeno, o carro será vendido em São Paulo e mais algumas capitais e será um pouco mais caro que a versão equipada com motor V6", afirmou. O Fusion vendido no Brasil, importado do México, tem preço de R$ 101,4 mil quando equipado com o motor 3.0 V6 a gasolina.

O Fusion híbrido conta com motor elétrico e motor a combustão 2.5 a gasolina. Juntos, eles geram 191 cv de potência. Foi possível dirigir o modelo em pista da Ford em Dearborn. O modelo agrada pela boa dirigibilidade, estabilidade e conforto. Também chama a atenção o silêncio à bordo quando o motor elétrico está em funcionamento.

Segundo a Ford, o Fusion híbrido tem consumo de 17,4 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada. A transição entre os motores a explosão e elétrico é feita de forma imperceptível. O carro pode rodar a até 75,6 km/h no modo elétrico. Sua autonomia na cidade com um tanque de combustível é estimada em 1.126 quilômetros. O modelo é equipado com transmissão automática de seis velocidades, direção elétrica e sistema de desligamento do combustível em desaceleração.

Também rodamos com o Ford Escape híbrido, alimentado por bateria de lítio e que oferece economia de combustível de até 51 km/l. Para o recarregamento, utiliza tomada residencial comum (120 volts). Quando a bateria acaba, o veículo continua operando com o motor a gasolina.

Nos Estados Unidos, o mix de vendas de veículos híbridos atualmente é de 2% a 3%. A expectativa é de que alcance entre 10% e 15% em 2015.

Já o protótipo elétrico Focus BEV (Battery Electric Vehicle), movido exclusivamente por motor elétrico, é alimentado por bateria de alta voltagem de lítio. Com autonomia projetada de 160 quilômetros, pode ser recarregado na tomada e incorpora série de componentes novos que estão sendo desenvolvidos para viabilizar a aplicação comercial.

Aceleramos ainda o Focus com célula a combustível, um dos primeiros veículos híbridos da indústria, com alimentação elétrica gerada por hidrogênio.

ECOBOOST
Outro carro que pudemos experimentar foi a versão esportiva SHO (Super High Output) do Taurus, equipada com o motor V6 EcoBoost 3.5 duplo turbo - o motor EcoBoost mais potente da marca - com sistema sofisticado de tração total com sensor de torque.

Os motores EcoBoost combinam sistema de injeção direta de combustível, turbocompressores duplos refrigerados a água com controle eletrônico, alta taxa de compressão, pistões refrigerados a óleo, comando variável e ligas de aço especiais. Sua tecnologia permite usar um bloco de tamanho menor e reduzir o consumo de combustível e as emissões, e ainda assim obter um ganho de potência.

O EcoBoost 3.5 V6 substitui motores V8 com aspiração natural, gerando 365 cv a 5.500 rpm e torque de 48,4 mkgf entre 1.500 e 5.250 giros.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;