Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Lei dos Precatórios é sancionada



07/07/2017 | 08:51


O presidente da República em exercício, o senador Eunício Oliveira, sancionou a Lei 13.463/2017, que permite ao governo resgatar precatórios depositados há mais de dois anos e não sacados pelos beneficiários. A medida pode injetar R$ 8,6 bilhões aos cofres federais segundo estimativas da área econômica.

Pela nova lei, publicada no Diário Oficial da União (DOU), "ficam cancelados os precatórios e as RPV (Requisições de Pequeno Valor) federais expedidos e cujos valores não tenham sido levantados pelo credor e estejam depositados há mais de dois anos em instituição financeira oficial". O cancelamento será efetuado mensalmente pelo banco oficial depositário, que fará a transferência dos valores para a Conta Única do Tesouro Nacional. Do total cancelado, segundo a lei, pelo menos 20% devem ser aplicados na manutenção e desenvolvimento do ensino e pelo menos 5%, no Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte.

O texto do projeto, aprovado pelo Senado esta semana, foi encaminhado ao Congresso em maio pelo presidente Michel Temer em regime de urgência. O ingresso dos R$ 8,6 bilhões dos precatórios é uma das medidas com as quais o governo conta para obter receita extra de R$ 14,8 bilhões e, assim, liberar mais uma parte do Orçamento, que hoje ainda está bloqueado. Do corte inicial de R$ 42,1 bilhões, o governo só conseguiu liberar até agora R$ 3,1 bilhões. Outra fonte de recursos que pode aliviar a conta do governo é o leilão de usinas hidrelétricas que será realizado este ano.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;