Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cruzeiro fecha com Milan e Dida pode parar no Corinthians


Do Diário do Grande ABC

26/05/1999 | 17:34


Depois de mais de três meses de indefiniçoes, o Cruzeiro parece ter acertado, finalmente, a venda do passe do goleiro Dida para o Milan, da Itália.

Na manha desta quarta, dirigentes do clube mineiro receberam a minuta de um contrato, enviado pelos italianos, no qual eles propoem pagar à vista US$ 3 milhoes, ou cerca de R$ 5,2 milhoes, pela transferência de Dida. O Cruzeiro aceitou os termos e reenviou o documento, assinado, para Milao. Se a negociaçao for concretizada, há rumores de que Dida possa ser cedido posteriormente pelo Milan ao Corinthians, para reforçar a equipe paulista no Brasileiro deste ano.

"Nao podemos dizer que o negócio foi fechado porque o dinheiro nao foi depositado na conta do Cruzeiro, mas tudo indica que o impasse chegou ao fim", disse o assessor da presidência do time mineiro, Valdir Barbosa.

Dida deixou o Cruzeiro no final de janeiro, quando seu contrato anual terminou.

Embora com passe preso ao time, alegou ter recebido proposta irrecusável dos italianos e saiu sem dar maiores satisfaçoes. Como o Cruzeiro nao foi sequer procurado pelos empresários italianos, os dirigentes recusaram-se a liberar o atleta e fixaram o passe em US$ 4,5 milhoes. O Milan ofereceu US$ 2 milhoes e o caso foi parar na Fifa, que deveria arbitrar o valor da transaçao na hipótese de nao houvesse acordo.

Dida, por sua vez, entrou com açao na Justiça do Trabalho de Belo Horizonte, reivindicando passe livre por entender que nao tinha mais qualquer ligaçao com o clube mineiro. Só que o goleiro foi derrotado em primeira instância, na 25ª Junta de Conciliaçao da JT. O juiz responsável pelo processo entendeu que Dida teria abandonado o time sem cumprir uma série de obrigaçoes fixadas em contrato, e que, por isso, ainda estava preso. Se Cruzeiro e Milan realmente se entenderem, a açao de Dida, que impetrou recursos no Tribunal Regional do Trabalho, perde a validade.

"Neste caso, ele terá o que queria desde o começo", afirmou Barbosa. De acordo com o assessor, a proposta apresentada nesta quarta pelo Milan significa pagamento de US$ 3 milhoes "livres" ao clube mineiro. Desta forma, Dida estaria abrindo mao dos 40% a que teria direito, sobre o valor da transferência. "Pode ser também que o Milan vá ressarcí-lo", disse. O goleiro está treinando no Lugano, da Suiça, para o qual foi emprestado há dois meses, pelo Milan. Há cerca de 15 dias, segundo Valdir Barbosa, o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, foi procurado por dirigentes do Corinthians, interessados em Dida.

"Dissemos que quem deveria ser procurado era o Milan", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;