Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Maduro troca ministros na Venezuela, de olho na Assembleia Constituinte



22/06/2017 | 06:06


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, deu posse na quarta-feira a novos ministros do governo. Alguns dos colaboradores do presidente deixaram o poder porque participarão da eleição dos 545 membros da Assembleia Constituinte que redigirá uma nova Constituição, iniciativa vista como inconstitucional pelos oposicionistas.

Na lista de candidatos a integrar a Assembleia Constituinte estão, entre outros, a primeira-dama Cilia Flores e a ex-chanceler Delcy Rodríguez, que deixou seu cargo ontem. As mudanças no gabinete ocorreram na data limite dada a funcionários públicos para abandonar seus cargos para que possam se apresentar como candidatos.

O novo ministro das Relações Exteriores da Venezuela é o historiador Samuel Moncada, até então vice-ministro para a América do Norte e embaixador da Organização dos Estados Americanos (OEA). Antes de anunciar a designação de Moncada, Maduro disse que está disposto a dialogar com o governo do presidente americano, Donald Trump. Segundo ele, Washington solicitou reuniões "importantes de muito alto nível" e ele as autorizou. "Claro que temos que dialogar. Se o presidente Donald Trump conseguisse ver com um facho de luz por lá a verdade da Venezuela, eu inclusive poderia dialogar com ele algum dia. Tomara", disse o presidente.

Entre os novos membros do gabinete estão o major-general Carlos Osorio, ex-ministro de Alimentação, que volta à equipe como titular do Gabinete da Presidência, no lugar da almirante Carmen Meléndez, candidata na Assembleia Constituinte. O major-general Juan García Toussaintt, que estava como comandante geral do Exército, ficará à frente do Ministério dos Transportes.

No ato transmitido por rádio e televisão, o presidente também designou o major-general Antonio Benavides Torres como chefe de governo do Distrito Capital, cargo criado após o opositor Antonio Ledezma ter sido eleito prefeito de Caracas, em 2008. Fonte: Associated Press.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;