Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Proximidade a distância

Futebol e polícia caminham lado a lado


Do Diário do Grande ABC

02/05/2013 | 00:00


Futebol e polícia caminham lado a lado. Muitos usam metáforas futebolísticas em seus discursos para melhor entendimento de suas colocações por parte do público. O ex-presidente Lula, corintianíssimo, é um dos campeões dos que fazem essa relação. Os políticos, inclusive, agem como jogadores. Posam para fotos, dão autógrafos. Diga-se também que são tratados dessa forma. O que não vemos é a militância partidária agindo como os torcedores clubísticos. O apaixonado por seu time acompanha o jogo na televisão, vai ao estádio, xinga, aplaude, protesta, faz comentários nas redes sociais, demonstra de fato sua paixão. Às vezes extrapola limites, é verdade. Mas, por outro lado, apenas alguns militantes são capazes de lutar por causas democráticas, pela transparência, pela licitude, pela ética, pela honestidade, pelo gasto correto do dinheiro público. A maioria das vezes extrapola os limites da inatividade. O dia em que o eleitorado for tão apaixonado pelas coisas certas na política quanto os torcedores são pelos seus times, muita coisa vai mudar no Brasil. Futebol e política: tão próximos, tão distantes.

Divergência

A primeira-dama de Diadema, Carolina Rocha, e vice-prefeita, Silvana Guarnieri (PTB), não andam falando a mesma língua. Elas trabalham juntas na Secretaria de Assistência Social. A discordância é principalmente no tratamento às entidades filantrópicas. Carolina defende repasses para associações que foram regularizadas pela Prefeitura. Mas a Pasta anda travando pagamento, não se sabe o porquê.

Ops...

O presidente da Câmara de São Caetano, Sidnei Bezerra da Silva (PSB), foi pedir um minuto de silêncio pelo falecimento de um colega e sapecou o nome errado. Pediu homenagem a "Roberto de Jesus, do Proerd", vereador do PMDB que estava presente à plenária. Sidão se desculpou do equívoco, claro.

Quem será?

Marcos Dal'Mas, que deixou o cargo de ouvidor de São Caetano após sua mulher, a vice-prefeita Lúcia Dal'Mas, se estranhar com o chefe do Executivo, Paulo Pinheiro (PMDB), pretende ser candidato a deputado estadual. Ele foi convidado pelo presidente do PPL municipal, Octávio Kahn, para ingressar no partido. Pinheiro já manifestou desejo de lançar uma candidatura à Assembleia com apoio do Palácio da Cerâmica. Mas as chances de ser Marcos Dal'Mas são mínimas. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Proximidade a distância

Futebol e polícia caminham lado a lado

Do Diário do Grande ABC

02/05/2013 | 00:00


Futebol e polícia caminham lado a lado. Muitos usam metáforas futebolísticas em seus discursos para melhor entendimento de suas colocações por parte do público. O ex-presidente Lula, corintianíssimo, é um dos campeões dos que fazem essa relação. Os políticos, inclusive, agem como jogadores. Posam para fotos, dão autógrafos. Diga-se também que são tratados dessa forma. O que não vemos é a militância partidária agindo como os torcedores clubísticos. O apaixonado por seu time acompanha o jogo na televisão, vai ao estádio, xinga, aplaude, protesta, faz comentários nas redes sociais, demonstra de fato sua paixão. Às vezes extrapola limites, é verdade. Mas, por outro lado, apenas alguns militantes são capazes de lutar por causas democráticas, pela transparência, pela licitude, pela ética, pela honestidade, pelo gasto correto do dinheiro público. A maioria das vezes extrapola os limites da inatividade. O dia em que o eleitorado for tão apaixonado pelas coisas certas na política quanto os torcedores são pelos seus times, muita coisa vai mudar no Brasil. Futebol e política: tão próximos, tão distantes.

Divergência

A primeira-dama de Diadema, Carolina Rocha, e vice-prefeita, Silvana Guarnieri (PTB), não andam falando a mesma língua. Elas trabalham juntas na Secretaria de Assistência Social. A discordância é principalmente no tratamento às entidades filantrópicas. Carolina defende repasses para associações que foram regularizadas pela Prefeitura. Mas a Pasta anda travando pagamento, não se sabe o porquê.

Ops...

O presidente da Câmara de São Caetano, Sidnei Bezerra da Silva (PSB), foi pedir um minuto de silêncio pelo falecimento de um colega e sapecou o nome errado. Pediu homenagem a "Roberto de Jesus, do Proerd", vereador do PMDB que estava presente à plenária. Sidão se desculpou do equívoco, claro.

Quem será?

Marcos Dal'Mas, que deixou o cargo de ouvidor de São Caetano após sua mulher, a vice-prefeita Lúcia Dal'Mas, se estranhar com o chefe do Executivo, Paulo Pinheiro (PMDB), pretende ser candidato a deputado estadual. Ele foi convidado pelo presidente do PPL municipal, Octávio Kahn, para ingressar no partido. Pinheiro já manifestou desejo de lançar uma candidatura à Assembleia com apoio do Palácio da Cerâmica. Mas as chances de ser Marcos Dal'Mas são mínimas. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;