Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vilar fica entre o céu e o inferno


Raphael Ramos
Do Diário do Grande ABC

25/04/2006 | 08:40


“No futebol, o céu e o inferno estão muito próximos”. Com esta definição sobre o esporte mais popular do mundo, Marcelo Vilar, 45 anos, também falou sobre sua situação como treinador interino do Palmeiras. Até a manhã de ontem, ele estava tranqüilo no comando da equipe B do Palestra Itália, classificada para a segunda fase da Série A-2 do Campeonato Paulista com o ataque mais positivo da competição (43 gols em 18 jogos). Mas veio a confirmação da demissão de Emerson Leão e, conseqüentemente, o convite da diretoria para ele treinar o conturbado elenco principal às vésperas do importantíssimo clássico contra o São Paulo pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores.

“Fui chamado para uma missão e com o objetivo de fazer o time não sofrer mais como antes”, disse. Vilar, no entanto, garante não terá problemas em comandar um time recheado de estrelas e abalado por uma goleada histórica para o Figueirense. “O segredo é encarar com naturalidade. Eu procuro me preparar e sei da minha capacidade”.

Apesar de ter pouco tempo para trabalhar com a equipe, Vilar quer explorar os aspectos extra-campo para fazer o time render mais do que nos últimos jogos. “Tenho de mexer com o emocional dos jogadores e elevar a auto-estima do time, que com os últimos resultados caiu muito”, afirmou.

Desconhecido da maioria da torcida, Vilar tem no currículo o título da Copa São Paulo de Juniores, em 2001, quando comandou o Roma, então sediado em Barueri. Grande parte de sua formação como técnico foi feita no Nordeste, onde comandou o Fortaleza, o Ferroviário e o Ceará. Ele está no Palmeiras desde outubro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;