Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

LG assume dívida trabalhista da LP Displays, de Mauá


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

20/06/2007 | 07:05


O Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra recebeu terça-feira uma carta da matriz da multinacional LG afirmando que a empresa irá assumir o passivo trabalhista dos funcionários da LP Displays (antiga LG Philips Displays).

A empresa – com unidades em Mauá, Suzano, São José dos Campos, Recife (PE) e Manaus (AM) – é fabricante de componentes para televisão e anunciou no início deste mês o fechamento de todas as unidades no País. Os produtos serão importados das fábricas da China e da Índia.

Segundo o presidente do sindicato, Cícero Firmino da Silva, o Martinha, a carta da LG está em inglês e foi apresentada pela diretoria da fábrica de Mauá para uma comissão de 20 trabalhadores da unidade.

O texto afirma que a empresa assumirá imediatamente o pagamento dos direitos trabalhistas para todos os demitidos. Mas há algumas exigências. “Eles não querem processos trabalhistas após o acordo”, conta.

A LG também não aceitou o pedido do sindicato de garantir dois anos de plano de saúde para os metalúrgicos, assim como o de dois salários por ano trabalhado na LP Displays.

O sindicato pretende estudar todo o conteúdo da carta antes de tomar qualquer medida, seja judicial ou protestos. Matinha também pretende procurar os sindicalistas das outras unidades para apresentar a carta e discutir medidas.

Fechamento - O fim das operações da LP Displays no Brasil deixará cerca de 5 mil trabalhadores diretos e indiretos sem emprego.

A justificativa da empresa é que a tecnologia dos televisores comuns está obsoleta frente aos aparelhos de plasma e LCD (cristal líquido) e que o câmbio favorece a importação desses produtos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

LG assume dívida trabalhista da LP Displays, de Mauá

Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

20/06/2007 | 07:05


O Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra recebeu terça-feira uma carta da matriz da multinacional LG afirmando que a empresa irá assumir o passivo trabalhista dos funcionários da LP Displays (antiga LG Philips Displays).

A empresa – com unidades em Mauá, Suzano, São José dos Campos, Recife (PE) e Manaus (AM) – é fabricante de componentes para televisão e anunciou no início deste mês o fechamento de todas as unidades no País. Os produtos serão importados das fábricas da China e da Índia.

Segundo o presidente do sindicato, Cícero Firmino da Silva, o Martinha, a carta da LG está em inglês e foi apresentada pela diretoria da fábrica de Mauá para uma comissão de 20 trabalhadores da unidade.

O texto afirma que a empresa assumirá imediatamente o pagamento dos direitos trabalhistas para todos os demitidos. Mas há algumas exigências. “Eles não querem processos trabalhistas após o acordo”, conta.

A LG também não aceitou o pedido do sindicato de garantir dois anos de plano de saúde para os metalúrgicos, assim como o de dois salários por ano trabalhado na LP Displays.

O sindicato pretende estudar todo o conteúdo da carta antes de tomar qualquer medida, seja judicial ou protestos. Matinha também pretende procurar os sindicalistas das outras unidades para apresentar a carta e discutir medidas.

Fechamento - O fim das operações da LP Displays no Brasil deixará cerca de 5 mil trabalhadores diretos e indiretos sem emprego.

A justificativa da empresa é que a tecnologia dos televisores comuns está obsoleta frente aos aparelhos de plasma e LCD (cristal líquido) e que o câmbio favorece a importação desses produtos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;