Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Maracanã vê duelo dos desesperados


Bignardi Junior
Especial para o Diário

31/05/2006 | 08:27


Em campo estarão oito títulos brasileiros e dois da Copa do Brasil, mas como o que vale no Campeonato Brasileiro é o momento, Flamengo e Palmeiras se enfrentam às 21h45 (Globo), no Maracanã, pela nona rodada, em busca de amenizar um pouco a péssima campanha que ambos realizam na competição. Enquanto o Rubro-Negro ocupa a 17ª colocação, com oito pontos ganhos, o Verdão está no penúltimo lugar, com apenas quatro, ambos na zona do rebaixamento.

Não fossem as baixas do lateral-direito Ilsinho e do meia Juninho Paulista, ambos com contusão na coxa esquerda, a torcida alviverde teria o que comemorar, pois terá o retorno do pentacampeão Marcos, após quase três meses de permanência no departamento médico, devido a uma contusão muscular em partida contra o Bragantino pelo Campeonato Paulista, no Palestra Itália. Marcos está confirmado no banco de reservas, enquanto Sérgio permanece como titular.

Outro que retorna, mas não tem presença garantida no time titular, é o zagueiro Daniel. O técnico Tite chegou a testar a formação da equipe com três defensores, mas deverá mesmo optar pelo tradicional 4-4-2 por achar que Daniel continua sem ritmo de jogo. Após ficar como opção no banco de reservas na derrota para o Grêmio, domingo, no Palestra Itália, Paulo Baier tem retorno garantido à lateral-direita, enquanto Michael assume o posto de armação no meio-campo.

No ataque, Tite mantém Enílton como companheiro de Edmundo. Quanto a Washington e Muñoz nem viajaram para a Cidade Maravilhosa. “Os dois tiveram suas chances, mas, tecnicamente, não corresponderam. As oportunidades foram dadas e o Washington começou o jogo contra o Santa Cruz como titular. As entradas dele e do Muñoz não surtiram o efeito que eu gostaria e não ter trazido eles para o Rio foi uma escolha puramente técnica”, explicou Tite, que terá o estreante Roger como opção no banco de reservas. “O Roger e o Cláudio têm treinado bem e estarão como opções”, finalizou Tite. (Com Agências)


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maracanã vê duelo dos desesperados

Bignardi Junior
Especial para o Diário

31/05/2006 | 08:27


Em campo estarão oito títulos brasileiros e dois da Copa do Brasil, mas como o que vale no Campeonato Brasileiro é o momento, Flamengo e Palmeiras se enfrentam às 21h45 (Globo), no Maracanã, pela nona rodada, em busca de amenizar um pouco a péssima campanha que ambos realizam na competição. Enquanto o Rubro-Negro ocupa a 17ª colocação, com oito pontos ganhos, o Verdão está no penúltimo lugar, com apenas quatro, ambos na zona do rebaixamento.

Não fossem as baixas do lateral-direito Ilsinho e do meia Juninho Paulista, ambos com contusão na coxa esquerda, a torcida alviverde teria o que comemorar, pois terá o retorno do pentacampeão Marcos, após quase três meses de permanência no departamento médico, devido a uma contusão muscular em partida contra o Bragantino pelo Campeonato Paulista, no Palestra Itália. Marcos está confirmado no banco de reservas, enquanto Sérgio permanece como titular.

Outro que retorna, mas não tem presença garantida no time titular, é o zagueiro Daniel. O técnico Tite chegou a testar a formação da equipe com três defensores, mas deverá mesmo optar pelo tradicional 4-4-2 por achar que Daniel continua sem ritmo de jogo. Após ficar como opção no banco de reservas na derrota para o Grêmio, domingo, no Palestra Itália, Paulo Baier tem retorno garantido à lateral-direita, enquanto Michael assume o posto de armação no meio-campo.

No ataque, Tite mantém Enílton como companheiro de Edmundo. Quanto a Washington e Muñoz nem viajaram para a Cidade Maravilhosa. “Os dois tiveram suas chances, mas, tecnicamente, não corresponderam. As oportunidades foram dadas e o Washington começou o jogo contra o Santa Cruz como titular. As entradas dele e do Muñoz não surtiram o efeito que eu gostaria e não ter trazido eles para o Rio foi uma escolha puramente técnica”, explicou Tite, que terá o estreante Roger como opção no banco de reservas. “O Roger e o Cláudio têm treinado bem e estarão como opções”, finalizou Tite. (Com Agências)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;