Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Uefa quer teto salarial para jogadores da Europa


Do Diário do Grande ABC

08/09/1999 | 19:47


O futebol europeu parece assustado com a espiral inflacionária dos salários pagos a jogadores de futebol. A Uniao Européia de Futebol - Uefa - anunciou nesta quarta-feira a intençao de criar uma força-tarefa para estudar a possibilidade de estabelecer um teto salarial para os jogadores europeus. A idéia seria utilizar o padrao já em vigor nos Estados Unidos, em esportes como futebol norte-americano e basquete.

A entidade divulgou nesta quarta-feira uma nota oficial, na qual julga um "absurdo" o salários de alguns jogadores, como o do francês Nicolas Anelka, do Real Madri, que recebe anualmente US$ 3,9 milhoes.

A força-tarefa para limitar os salários, que irá contar com membros das federaçoes nacionais, dos clubes e dos comitês da Uefa, nao é um assunto novo na Europa. A Premier League da Inglaterra, que reúne os clubes mais ricos do continente, colocou a questao à mesa na última Futebol Expo, realizada em janeiro deste ano na França. "É um assunto que volta e meia a gente debate", admitiu à época, Peter Leaver, diretor executivo da liga inglesa. Atualmente, o salário médio dos 20 clubes da divisao de elite gira em torno de US$ 70 mil por mês.

Transferências - A Uefa também apresentou propostas para criar períodos específicos para as transferências de jogadores, a partir da próxima temporada. Isso limitaria o troca-troca do mercado em dois períodos específicos.

O primeiro será contado a partir do último dia dos campeonatos nacionais até 31 de agosto para transferências internacionais, e até 15 de setembro para as domésticas.

O segundo período será contado de 15 de dezembro a 31 de janeiro. Os prazos finais para registrar novos jogadores em competiçoes da Uefa serao ser 31 de agosto e 31 de janeiro.

Para que essas novas normas entrem em vigor, entretanto, ainda terao que ser aprovadas pelo comitê executivo da Uefa, que se reunirá em Genebra nos dias 20 e 21 deste mês.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Uefa quer teto salarial para jogadores da Europa

Do Diário do Grande ABC

08/09/1999 | 19:47


O futebol europeu parece assustado com a espiral inflacionária dos salários pagos a jogadores de futebol. A Uniao Européia de Futebol - Uefa - anunciou nesta quarta-feira a intençao de criar uma força-tarefa para estudar a possibilidade de estabelecer um teto salarial para os jogadores europeus. A idéia seria utilizar o padrao já em vigor nos Estados Unidos, em esportes como futebol norte-americano e basquete.

A entidade divulgou nesta quarta-feira uma nota oficial, na qual julga um "absurdo" o salários de alguns jogadores, como o do francês Nicolas Anelka, do Real Madri, que recebe anualmente US$ 3,9 milhoes.

A força-tarefa para limitar os salários, que irá contar com membros das federaçoes nacionais, dos clubes e dos comitês da Uefa, nao é um assunto novo na Europa. A Premier League da Inglaterra, que reúne os clubes mais ricos do continente, colocou a questao à mesa na última Futebol Expo, realizada em janeiro deste ano na França. "É um assunto que volta e meia a gente debate", admitiu à época, Peter Leaver, diretor executivo da liga inglesa. Atualmente, o salário médio dos 20 clubes da divisao de elite gira em torno de US$ 70 mil por mês.

Transferências - A Uefa também apresentou propostas para criar períodos específicos para as transferências de jogadores, a partir da próxima temporada. Isso limitaria o troca-troca do mercado em dois períodos específicos.

O primeiro será contado a partir do último dia dos campeonatos nacionais até 31 de agosto para transferências internacionais, e até 15 de setembro para as domésticas.

O segundo período será contado de 15 de dezembro a 31 de janeiro. Os prazos finais para registrar novos jogadores em competiçoes da Uefa serao ser 31 de agosto e 31 de janeiro.

Para que essas novas normas entrem em vigor, entretanto, ainda terao que ser aprovadas pelo comitê executivo da Uefa, que se reunirá em Genebra nos dias 20 e 21 deste mês.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;