Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

MST ameaça ocupar agências do BB contra privatizaçao


Do Diário do Grande ABC

18/04/1999 | 16:22


O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) vai ocupar todas as agências do Banco do Brasil caso o governo federal decida privatizar a instituiçao. Foi o que revelou hoje na capital baiana um dos principais líderes do MST, Joao Pedro Stédile. Ele acredita que a ocupaçao será a única forma que os trabalhadores terao para defender o BB.

Segundo Stédile, depois de ocupar a as agências, o MST vai convocar a populaçao para ajudar a manter as barreiras. "O governo que nao invente de privatizar o Banco do Brasil", disse o líder. Ele participou das manifestaçoes dos sem-terra baianos em Salvador, no fim de semana.

Durante os atos, Stédile fazia discursos com criticas duras ao governo e num tom nacionalista. Na visao do sindicalista, o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso é tao "impatriótico", que teria abdicado até de mandar na Naçao. "Nos entregaram ao capital internacional", reclamou. Os cerca de cinco mil sem-terra que estao em Salvador desde a sexta-feira para protestar contra o massacre de 19 trabalhadores em Eldorado dos Carajás devem retornar aos seus assentamentos somente na quarta-feira. As lideranças do movimento estao negociando com o Instituto Nacional de Colonizaçao e Reforma Agrária (Incra) e governo baiano agilidade no processo de desapropriaçao de terras consideradas improdutivas e assistência técnica agrícola nos assentamentos já consolidados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MST ameaça ocupar agências do BB contra privatizaçao

Do Diário do Grande ABC

18/04/1999 | 16:22


O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) vai ocupar todas as agências do Banco do Brasil caso o governo federal decida privatizar a instituiçao. Foi o que revelou hoje na capital baiana um dos principais líderes do MST, Joao Pedro Stédile. Ele acredita que a ocupaçao será a única forma que os trabalhadores terao para defender o BB.

Segundo Stédile, depois de ocupar a as agências, o MST vai convocar a populaçao para ajudar a manter as barreiras. "O governo que nao invente de privatizar o Banco do Brasil", disse o líder. Ele participou das manifestaçoes dos sem-terra baianos em Salvador, no fim de semana.

Durante os atos, Stédile fazia discursos com criticas duras ao governo e num tom nacionalista. Na visao do sindicalista, o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso é tao "impatriótico", que teria abdicado até de mandar na Naçao. "Nos entregaram ao capital internacional", reclamou. Os cerca de cinco mil sem-terra que estao em Salvador desde a sexta-feira para protestar contra o massacre de 19 trabalhadores em Eldorado dos Carajás devem retornar aos seus assentamentos somente na quarta-feira. As lideranças do movimento estao negociando com o Instituto Nacional de Colonizaçao e Reforma Agrária (Incra) e governo baiano agilidade no processo de desapropriaçao de terras consideradas improdutivas e assistência técnica agrícola nos assentamentos já consolidados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;