Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Brasileiros protagonizam estréia franco-canadense


Cássio Gomes Neves
Do Diário do Grande ABC

03/06/2004 | 18:31


No elenco do filme franco-canadense Tiresia, que estréia nesta sexta em São Paulo, constam dois atores brasileiros: Clara Choveaux e Thiago Teles. Ambos interpretam o mesmo papel, do personagem-título que dá expediente como travesti em Paris neste recente filme do francês Bertrand Bonello, inserido na competição oficial de Cannes no ano passado. Bonello (de O Pornógrafo) readapta a seu sabor uma figura da mitologia greco-romana – atualmente, com Tróia e quetais, os partidários de Zeus andam em alta conta.

O mito que Bonello revisita é o do profeta cego Tirésias, presente em tragédias sofoclianas como Édipo-Rei. Sua deficiência foi causada por ter flagrado a deusa Minerva em seu banho; castigado com a cegueira, é compensado com o dom de prever o futuro. Em outra corrente, Tirésias terminava por mudar de sexo ao fim da vida.

No filme de Bonello, Tiresia é um travesti brasileiro que sobrevive com os rendimentos angariados nas ruas parisienses. No exercício de suas funções, atrai a atenção de Terranova (Laurent Lucas), homem que é vidrado em toda manifestação artística enquanto reprodução da beleza. Terranova seqüestra Tiresia por acreditar que ela seja a materialização do belo ideal e representa outra menção dos mitos por Bonello – afinal, Minerva era a deusa da sabedoria e das artes.

Uma vez refém, Tiresia passa a carecer dos hormônios que ela consome para evitar o progresso de características físicas que denunciem sua condição natural de homem, como barba e voz grossa. É na transformação dramática que o diretor opera a mudança dos atores brasileiros: com a (in)ação dos hormônios, Clara sai de cena para a entrada de Teles. Incapaz de conter o atentado da natureza contra a beleza reconstruída (artificial) de Tiresia, Terranova a ataca e a deixa cega. Abandona-a, até que ela é acolhida por uma garota e passa a manifestar faculdades de clarividência. Bonello desglorifica o mito.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;