Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Padeiros iniciam negociação nesta semana


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

01/05/2011 | 07:00


A pauta de reivindicações dos padeiros do Grande ABC foi encaminhada na última terça-feira ao sindicato patronal. A primeira reunião entre trabalhadores e empresários deve ocorrer nesta semana.

"Ainda não temos uma data definida, mas tudo indica que nos próximos cinco dias iremos iniciar as negociações", explica o vice-presidente da entidade, Pedro Pereira de Sousa.

No primeiro encontro, a ideia será elaborar um calendário a fim de fechar o acordo salarial até a data-base da categoria - em 1º de junho.

TRABALHADORES - No Grande ABC, a base é formada por 15 mil trabalhadores, entre as 1.200 indústrias de panificação (que incluem padarias e confeitarias). No Estado de São Paulo existem 45 mil profissionais entre as 5.000 empresas do ramo.

Neste ano, a categoria pleiteia reajuste salarial de 10% (somando reposição da inflação, mais aumento real) e piso salarial de R$ 1.314 (hoje, em R$ 751,91 nas empresas com até 60 funcionários e de R$ 813,75, para as indústrias com quadro de trabalhadores superior).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Padeiros iniciam negociação nesta semana

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

01/05/2011 | 07:00


A pauta de reivindicações dos padeiros do Grande ABC foi encaminhada na última terça-feira ao sindicato patronal. A primeira reunião entre trabalhadores e empresários deve ocorrer nesta semana.

"Ainda não temos uma data definida, mas tudo indica que nos próximos cinco dias iremos iniciar as negociações", explica o vice-presidente da entidade, Pedro Pereira de Sousa.

No primeiro encontro, a ideia será elaborar um calendário a fim de fechar o acordo salarial até a data-base da categoria - em 1º de junho.

TRABALHADORES - No Grande ABC, a base é formada por 15 mil trabalhadores, entre as 1.200 indústrias de panificação (que incluem padarias e confeitarias). No Estado de São Paulo existem 45 mil profissionais entre as 5.000 empresas do ramo.

Neste ano, a categoria pleiteia reajuste salarial de 10% (somando reposição da inflação, mais aumento real) e piso salarial de R$ 1.314 (hoje, em R$ 751,91 nas empresas com até 60 funcionários e de R$ 813,75, para as indústrias com quadro de trabalhadores superior).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;