Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Tillerson diz que a Rússia falhou na prevenção de ataques químicos na Síria



07/04/2017 | 00:25


O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, disse na noite desta quinta-feira que a Rússia "falhou" em sua responsabilidade de se comprometer, em 2013, com a prevenção de ataques químicos na Síria.

Pouco depois do ataque americano a uma base militar do regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, com cerca de 60 mísseis Tomahawk disparados de navios de guerra dos EUA no Mar Mediterrâneo, Tillerson disse que a ofensiva foi em resposta a um ataque químico que matou dezenas de pessoas no começo da semana e que Washington acredita ter sido conduzido pelo governo sírio.

O secretário afirmou que a Rússia foi cúmplice ou "simplesmente incompetente" ao falhar com suas obrigações com o acordo, firmado depois de um ataque químico em 2013. O então presidente americano, Barack Obama, ameaçou lançar ataques aéreos à época, mas recuou da ação militar.

Após o ataque desta quinta-feira, o presidente Donald Trump afirmou que o ataque com mísseis foi de "vital importância" para os interesses de segurança nacional dos EUA. O republicano disse que ordenou o ataque, acrescentando que o seu país precisa "prevenir e evitar a propagação e o uso de armas químicas mortais". Ele afirmou que "não há contestação de que a Síria usou armas químicas proibidas".

"Anos de tentativas para mudar o comportamento de Assad falharam, e falharam muito dramaticamente. Como resultado, a crise de refugiados continua a piorar e a região continua a se desestabilizar, ameaçando os EUA e seus aliados", disse o presidente.

Trump falou a repórteres após se encontrar com o presidente Xi Jinping, na Flórida, enquanto o primeiro ataque do governo Trump à Síria era conduzido. Em seu comunicado, Trump disse que espera que a paz e harmonia prevaleçam. "Deus abençoe a América e o mundo inteiro", disse o presidente americano ao encerrar seu pronunciamento. (Matheus Maderal, com informações da Associated Press - matheus.maderal@estadao.com)



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;