Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Linha de Crédito Fácil da Caixa supera R$ 260 milhões



31/08/2010 | 07:04


A Caixa Econômica Federal anunciou ontem ter superado neste mês a marca de R$ 260 milhões na modalidade de financiamento Caixa Fácil. Conforme comunicado da instituição financeira, o produto, voltado para a compra de bens de consumo e pacotes de turismo, já beneficiou mais de 277 mil consumidores desde o início do ano passado.

O financiamento é liberado diretamente na loja, na hora da compra do produto, sem necessidade de o cliente se dirigir ao banco.

Segundo a instituição, a compra de móveis liderou a procura por esse tipo de financiamento, concentrando 55% da demanda. Em segundo lugar estão os eletrodomésticos (16%), seguidos por eletroeletrônicos (11%) e equipamentos de informática (7%).

O valor máximo de financiamento é de até R$ 10 mil, com prazo de pagamento em até 24 meses. As taxas são pré-fixadas e o pagamento é realizado por meio de boleto bancário ou débito em conta. Não é necessário ser cliente do banco para utilizar esse tipo de crediário.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Linha de Crédito Fácil da Caixa supera R$ 260 milhões


31/08/2010 | 07:04


A Caixa Econômica Federal anunciou ontem ter superado neste mês a marca de R$ 260 milhões na modalidade de financiamento Caixa Fácil. Conforme comunicado da instituição financeira, o produto, voltado para a compra de bens de consumo e pacotes de turismo, já beneficiou mais de 277 mil consumidores desde o início do ano passado.

O financiamento é liberado diretamente na loja, na hora da compra do produto, sem necessidade de o cliente se dirigir ao banco.

Segundo a instituição, a compra de móveis liderou a procura por esse tipo de financiamento, concentrando 55% da demanda. Em segundo lugar estão os eletrodomésticos (16%), seguidos por eletroeletrônicos (11%) e equipamentos de informática (7%).

O valor máximo de financiamento é de até R$ 10 mil, com prazo de pagamento em até 24 meses. As taxas são pré-fixadas e o pagamento é realizado por meio de boleto bancário ou débito em conta. Não é necessário ser cliente do banco para utilizar esse tipo de crediário.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;