Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 12 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Júlio César diz que não foi procurado para renovar


Carlos Tadeu
Especial para o Diário

29/11/2010 | 07:15


Tratado como um dos maiores ídolos do Santo André, o goleiro Júlio César está bastante chateado com a diretoria. Seu contrato vence no fim de dezembro e ele diz não ter sido procurado para discutir a renovação.

"Esperava, no mínimo, que viessem falar comigo, mas não aconteceu. Assim, interpreto que não há interesse. Como tenho quatro propostas vou analisá-las e devo fechar alguma coisa na semana", declarou Júlio César, que foi campeão da Copa do Brasil de 2004 e esteve no grupo vice-campeão paulista deste ano.

Reserva na reta final da Série B, o goleiro não entendeu por que perdeu a posição, mesmo respeitando a qualidade do titular Neneca. "Falhei em dois jogos e saí da equipe. Ninguém veio falar comigo. Acho que merecia mais respeito, só isso", reclamou.

Apesar disso, Júlio César finalizou dizendo que terá sempre carinho especial pelo Ramalhão. "O que vivi aqui não se apaga. Tenho uma história linda com o clube e nunca vou esquecer os bons momentos. Estou saindo, mas o Santo André estará sempre dentro de mim."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Júlio César diz que não foi procurado para renovar

Carlos Tadeu
Especial para o Diário

29/11/2010 | 07:15


Tratado como um dos maiores ídolos do Santo André, o goleiro Júlio César está bastante chateado com a diretoria. Seu contrato vence no fim de dezembro e ele diz não ter sido procurado para discutir a renovação.

"Esperava, no mínimo, que viessem falar comigo, mas não aconteceu. Assim, interpreto que não há interesse. Como tenho quatro propostas vou analisá-las e devo fechar alguma coisa na semana", declarou Júlio César, que foi campeão da Copa do Brasil de 2004 e esteve no grupo vice-campeão paulista deste ano.

Reserva na reta final da Série B, o goleiro não entendeu por que perdeu a posição, mesmo respeitando a qualidade do titular Neneca. "Falhei em dois jogos e saí da equipe. Ninguém veio falar comigo. Acho que merecia mais respeito, só isso", reclamou.

Apesar disso, Júlio César finalizou dizendo que terá sempre carinho especial pelo Ramalhão. "O que vivi aqui não se apaga. Tenho uma história linda com o clube e nunca vou esquecer os bons momentos. Estou saindo, mas o Santo André estará sempre dentro de mim."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;