Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Milhares de pessoas visitam velório de Chico Xavier


Do Diário OnLine

01/07/2002 | 21:45


 Chico Xavier morreu em sua casa aos 92 anos Cerca de 65 mil pessoas estiveram nesta segunda-feira no velório de Francisco de Paula Cândido, o Chico Xavier, na Casa da Prece, em Uberaba, Minas Gerais. Ele morreu no domingo, aos 92 anos, vítima de uma parada cardíaca. O enterro acontecerá às 17h de terça-feira no Cemitério São João Batista.

De acordo com estimativas da Polícia Militar, cerca de três mil pessoas passaram por hora pelo velório, realizado no local onde o espírita atendia seus seguidores. A fila para a despedida ao médium chegou a ter quatro quilômetros.

Os parentes de Chico Xavier afirmaram que ele acreditava que morreria em um dia em que os brasileiros estivessem muito alegres – a Seleção Brasileira conquistou o pentacampeonato no dia de sua morte.

Chico Xavier sofreu a parada cardíaca por volta das 19h30, cerca de dez minutos depois de deitar para dormir. De acordo com o médico Eurípedes Tahan Vieira, ele morreu "sem sofrimento, sem dor e sem nenhum aviso prévio".

O médium vinha enfrentando diversos problemas de saúde nos últimos anos. Ficou cego de um dos olhos e tinha dificuldade para andar. Ele foi internado no ano passado em razão de uma pneumonia.

Autor de mais de 400 livros — muitos deles psicografados —, que foram traduzidos em vários idiomas, Chico Xavier doava todo dinheiro ganho com direitos autorais para entidades beneficentes.

A pedido do médium, seu corpo será velado por 48 horas. O governador de Minas Gerais, Itamar Franco, decretou luto oficial no Estado de três dias em razão da morte do espírita. "Chico Xavier expressava em sua face uma imensa bondade, reflexo de sua alma iluminada e que a transparecia, particularmente em sua dedicação aos pobres", manifestou Itamar, por meio de nota.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Milhares de pessoas visitam velório de Chico Xavier

Do Diário OnLine

01/07/2002 | 21:45


 Chico Xavier morreu em sua casa aos 92 anos Cerca de 65 mil pessoas estiveram nesta segunda-feira no velório de Francisco de Paula Cândido, o Chico Xavier, na Casa da Prece, em Uberaba, Minas Gerais. Ele morreu no domingo, aos 92 anos, vítima de uma parada cardíaca. O enterro acontecerá às 17h de terça-feira no Cemitério São João Batista.

De acordo com estimativas da Polícia Militar, cerca de três mil pessoas passaram por hora pelo velório, realizado no local onde o espírita atendia seus seguidores. A fila para a despedida ao médium chegou a ter quatro quilômetros.

Os parentes de Chico Xavier afirmaram que ele acreditava que morreria em um dia em que os brasileiros estivessem muito alegres – a Seleção Brasileira conquistou o pentacampeonato no dia de sua morte.

Chico Xavier sofreu a parada cardíaca por volta das 19h30, cerca de dez minutos depois de deitar para dormir. De acordo com o médico Eurípedes Tahan Vieira, ele morreu "sem sofrimento, sem dor e sem nenhum aviso prévio".

O médium vinha enfrentando diversos problemas de saúde nos últimos anos. Ficou cego de um dos olhos e tinha dificuldade para andar. Ele foi internado no ano passado em razão de uma pneumonia.

Autor de mais de 400 livros — muitos deles psicografados —, que foram traduzidos em vários idiomas, Chico Xavier doava todo dinheiro ganho com direitos autorais para entidades beneficentes.

A pedido do médium, seu corpo será velado por 48 horas. O governador de Minas Gerais, Itamar Franco, decretou luto oficial no Estado de três dias em razão da morte do espírita. "Chico Xavier expressava em sua face uma imensa bondade, reflexo de sua alma iluminada e que a transparecia, particularmente em sua dedicação aos pobres", manifestou Itamar, por meio de nota.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;