Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Andinho é denunciado por seqüestro de irmãs Batagin


Do Diário Online

30/03/2003 | 14:18


O Ministério Público Estadual denunciou o Vanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho, pelo seqüestro das irmãs Rosana e Sônia Batagin, em fevereiro do ano passado. A Justiça vai determinar a data do interrogatório.

O seqüestro das irmãs teria sido a última ação do quadrilha de Andinho, de acordo com a polícia. Rosana e Sônia foram pegas em Americana, no dia 4 de fevereiro, e ficaram 25 dias no cativeiro.

O seqüestrador foi preso em 26 de fevereiro e dois dias depois as vítimas foram libertadas. As irmãs estavam amarradas a uma árvore, em uma mata nas redondezas da Rodoviária Dom Pedro, entre Atibaia e Bragança Paulista, quando foram resgatadas pelos policiais.

Andinho e sua quadrilha são acusados por ao menos 19 seqüestros na região de Campinas. O seqüestrador também é acusado pela co-autoria do assassinato do prefeito de Campinas, Antonio da Costa Santos, em setembro de 2001.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Andinho é denunciado por seqüestro de irmãs Batagin

Do Diário Online

30/03/2003 | 14:18


O Ministério Público Estadual denunciou o Vanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho, pelo seqüestro das irmãs Rosana e Sônia Batagin, em fevereiro do ano passado. A Justiça vai determinar a data do interrogatório.

O seqüestro das irmãs teria sido a última ação do quadrilha de Andinho, de acordo com a polícia. Rosana e Sônia foram pegas em Americana, no dia 4 de fevereiro, e ficaram 25 dias no cativeiro.

O seqüestrador foi preso em 26 de fevereiro e dois dias depois as vítimas foram libertadas. As irmãs estavam amarradas a uma árvore, em uma mata nas redondezas da Rodoviária Dom Pedro, entre Atibaia e Bragança Paulista, quando foram resgatadas pelos policiais.

Andinho e sua quadrilha são acusados por ao menos 19 seqüestros na região de Campinas. O seqüestrador também é acusado pela co-autoria do assassinato do prefeito de Campinas, Antonio da Costa Santos, em setembro de 2001.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;