Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo promete entregar kits de material escolar em até 40 dias

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

03/03/2017 | 07:00


 A Prefeitura de São Bernardo deve iniciar em até 40 dias a entrega de 84 mil kits de material escolar para estudantes da rede municipal. O anúncio foi feito ontem pelo prefeito Orlando Morando (PSDB), durante cerimônia na Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Profª Sylvia Marilena Fantacini Zanetti, no Jardim Jordanópolis.

Com custo estimado em R$ 3 milhões, a compra dos kits foi feita por meio de ata de registro de preço do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). O processo gerou economia em torno de R$ 1,5 milhão em comparação ao valor empenhado no ano anterior.

“Não conseguimos entregar antes, pois a última gestão não deixou nada adiantado, mas em até 40 dias iniciaremos a distribuição”, afirmou o chefe do Executivo.

A entrega dos kits de uniformes, que neste ano será feita somente para novos alunos da rede municipal, também foi citada pelo prefeito. Na ocasião, Morando informou já analisar duas propostas para 2018. Na primeira, segundo ele, os próprios pais fariam a compra das peças, por meio de recursos da Prefeitura. Já a segunda seria feita por meio de licitação. A definição deve ocorrer até o segundo semestre.

 

TEMPO INTEGRAL

Acompanhado de secretários e vereadores, o prefeito Orlando Morando fez ontem cerimônia de descerramento da placa inaugural do projeto Educar Mais, na Emeb Sylvia Marilena Fantacini Zanetti. Implantado há um mês, o projeto ampliou a carga horária de cinco instituições de ensino de São Bernardo de cinco para nove horas diárias, beneficiando assim 1.174 crianças de zero a 10 anos.

Além do aprendizado obrigatório previsto na Base Nacional Comum, como Português e Matemática, alunos das instituições em tempo integral contam agora com disciplinas alternativas, como robótica, grupos de estudos e línguas estrangeiras.

A expectativa da Prefeitura é a de que até o fim do ano outras cinco escolas sejam contempladas com o projeto Educar Mais.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;