Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Kiko confirma Jorginho para Ouro Fino Paulista

Novo chefe do Executivo também apresenta titulares das Pastas de Comunicação e Esportes


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

03/01/2017 | 07:00


Novo chefe do Executivo de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSB) anunciou ontem três secretários de sua gestão. O destaque foi a confirmação do ex-vereador Jorginho da Autoescola (DEM) para a Pasta de Desenvolvimento Regional de Ouro Fino Paulista.

O democrata concorreu à reeleição e recebeu 467 votos, insuficientes para reconduzí-lo a uma cadeira na Câmara. Jorginho, que mora em Ouro Fino Paulista há 65 anos, exerceu três mandatos no Legislativo.

Outros nomes confirmados foram o de João Mancuso para Comunicação e Iuquio Ywasaki (PSB) para Esportes, Lazer e Turismo. Mancuso é presidente do PSB municipal e tem forte ligação com Kiko. Passou pelas prefeituras de Diadema e Rio Grande da Serra. Já Ywasaki, administrador de empresas, é professor de jiu-jitsu.

Kiko, durante a posse de domingo, havia adiantado quem seria seu secretário de Segurança Pública: o coronel José Luís Martins Navarro, que trabalhou no governo de Carlos Grana (PT) em Santo André.

O socialista indicou também o advogado Patrick Pavan, ex-presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) ribeirão-pirense, para o Imprerp (Instituto Municipal de Previdência de Ribeirão Pires).

Ontem, Kiko realizou reunião com o secretariado e com os funcionários. Solicitou aos auxiliares diretos que levantem as principais demandas da cidade para que os encaminhamentos já sejam feitos. “Agora que assumimos, estamos fazendo apuração, sem nenhum tipo de afobação, mas com austeridade e maior rigor sobre as contas públicas.”  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;