Fechar
Publicidade

Domingo, 7 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ex-prefeito de Londrina é preso novamente


Do Diário OnLine

26/07/2001 | 22:43


O ex-prefeito de Londrina Antônio Belinati (sem partido) foi novamente detido na tarde desta quinta-feira. Ele é acusado de desvio de dinheiro da prefeitura durante sua administração. O dinheiro teria sido utilizado na campanha de seu filho Antonio Carlos, deputado estadual mais votado de Londrina em 1998.

Além de Belinati, outras 18 pessoas são acusadas de terem participado de um esquema de corrupção. A juíza substituta da 4ª Vara Criminal, Fabiana Karam, decretou também a prisão do ex-presidente da Companhia Municipal de Urbanização (Comurb), Kakunen Kyosen, cumprida em Londrina, e do ex-tesoureiro de campanha de Belinati, Cassimiro Zavierucha, conhecido como Carlos Júnior, preso em Eldorado (MS).

Na ação julgada nesta quinta-feira, a acusação é de um desvio de R$ 270 mil, mas estima-se que o desvio total tenha chegado a R$ 200 milhões. De acordo com os promotores, há seis denúncias-crime ajuizadas contra o ex-prefeito.

Em maio deste ano, Belinati havia sido preso devido a uma ação na qual é acusado do desvio de R$ 1,7 milhão da AMA e da Comurb. Ele saiu da prisão beneficiado por um habeas-corpus dias depois.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ex-prefeito de Londrina é preso novamente

Do Diário OnLine

26/07/2001 | 22:43


O ex-prefeito de Londrina Antônio Belinati (sem partido) foi novamente detido na tarde desta quinta-feira. Ele é acusado de desvio de dinheiro da prefeitura durante sua administração. O dinheiro teria sido utilizado na campanha de seu filho Antonio Carlos, deputado estadual mais votado de Londrina em 1998.

Além de Belinati, outras 18 pessoas são acusadas de terem participado de um esquema de corrupção. A juíza substituta da 4ª Vara Criminal, Fabiana Karam, decretou também a prisão do ex-presidente da Companhia Municipal de Urbanização (Comurb), Kakunen Kyosen, cumprida em Londrina, e do ex-tesoureiro de campanha de Belinati, Cassimiro Zavierucha, conhecido como Carlos Júnior, preso em Eldorado (MS).

Na ação julgada nesta quinta-feira, a acusação é de um desvio de R$ 270 mil, mas estima-se que o desvio total tenha chegado a R$ 200 milhões. De acordo com os promotores, há seis denúncias-crime ajuizadas contra o ex-prefeito.

Em maio deste ano, Belinati havia sido preso devido a uma ação na qual é acusado do desvio de R$ 1,7 milhão da AMA e da Comurb. Ele saiu da prisão beneficiado por um habeas-corpus dias depois.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;