Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Transição devagar e embate jurídico adiam anúncio de secretários


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

27/11/2016 | 07:00


Ritmo moroso da transição de governo em São Caetano e o embate jurídico envolvendo o atual prefeito, Paulo Pinheiro (PMDB), e o prefeito eleito, José Auricchio Júnior (PSDB), têm travado o anúncio dos secretários do tucano. Passados quase dois meses da eleição, nenhum auxiliar direto foi anunciado oficialmente.

Segundo apurou o Diário, embora Auricchio tenha ganhado todas as ações movidas pela coligação de Pinheiro contra o registro de sua candidatura – venceu, inclusive, em Brasília –, o prefeito eleito tem adotado cautela e evitado anunciar sua equipe antes de esgotarem-se todos os recursos no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) – o grupo de Pinheiro ainda questiona a decisão pró-Auricchio na Corte.

O tucano se reuniu na semana passada com aliados e justificou a demora no anúncio de sua equipe. Auricchio também alegou que ainda não foi possível escolher os assessores porque sequer conseguiu ter informações concretas sobre as finanças do Palácio da Cerâmica. Desde sua vitória, no dia 2 de outubro, ocorreram apenas dois encontros com o grupo do atual governo. A troca de informações sobre o governo, entretanto, ainda patina. O tucano quer saber sobre detalhes dos contratos e convênios em vigência, além de querer um raio-X sobre o quadro de funcionários.

Nos bastidores, porém, ventilam-se alguns nomes: Luiz Cicaroni (PPS) para a chefia de Gabinete; Geová Maria Faria (PSB) na gestão do DAE (Departamento de Água e Esgoto); o advogado Filinto de Almeida Teixeira (PTB) em Assuntos Jurídicos ou Procuradoria-Geral do Municipal; a médica Adriana Berringer Stephan no comando da Saúde; o vice-prefeito eleito Beto Vidoski (PSDB) em Esportes e Turismo; Silvio Minciotti (PSDB) em Desenvolvimento Econômico e o artista Erike Bussoni em Cultura. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;