Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

‘Mulheres em destaque’: Gastronomia


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

05/03/2008 | 07:04


Continuam abertas as votações para a segunda edição do Mulheres em Destaque. O prêmio, promovido pelo Diário, tem como objetivo tornar público e prestigiar as mulheres que desenvolvem um trabalho diferenciado no Grande ABC.

Os leitores têm até o próximo dia 16 para conhecer as três finalistas em cada categoria e escolher, pelo site (www.dgabc.com.br), quem representa melhor cada setor. Para votar, basta informar nome e e-mail. As 13 categorias são: Beleza, Comunicação, Cultura, Decoração e Arquitetura, Direito, Educação, Empresarial, Esportes, Gastronomia, Moda; Pesquisa, Ciência e Tecnologia, Saúde e Terceiro Setor.

As finalistas são mulheres que trabalham ou residem no Grande ABC. O critério de escolha deve se basear na relevância de sua atuação profissional.

A cerimônia de premiação ocorrerá no dia 25, no Teatro Municipal de Santo André. Somente na ocasião será possível conhecer as vencedoras.

As finalistas em Gastronomia são a consultora gastronômica Ana Maria Tomazoni, de São Bernardo, que ganhou a primeira edição do prêmio, no ano passado, a culinarista Maria Antonia Begliomini, que tem restaurante em São Bernardo, e a chef de cozinha Mônica Polistchuk, também de São Bernardo, que atuou em diversos restaurantes da região e hoje produz festas.

Confira o perfil das indicadas:

MARIA ANTONIA BEGLIOMINI
Maria Antonia Begliomini, de 57 anos, que pela primeira vez foi indicada a disputar um prêmio no setor de Gastronomia, nem imaginava que seu trabalho tinha tamanho reconhecimento no Grande ABC.

Surpresa com a notícia de que estava entre as três finalistas do Mulheres em Destaque, a proprietária do restaurante Maria Antonia Gastronomia, em São Bernardo, disse ter ficado feliz. “Foi uma notícia muito boa e espero corresponder à indicação.”

Nascida em São Paulo, Maria Antonia mudou-se ainda criança para a região. Com nove anos, descobriu a vocação pela gastronomia, quando preparou o seu primeiro prato: um pudim de padaria. “Perguntei para o padeiro como fazia e, quando pronto, não sobrou nada. Vi que era disso que gostava e resolvi investir na carreira”, conta.

Sua primeira atuação na região foi em uma cozinha industrial que abriu em Ribeirão Pires. “Logo em seguida fiquei doente e interrompi, por um ano e meio, a profissão. Mas consegui retomar em São Bernardo, onde estou até hoje.”

Maria Antonia ainda teve o restaurante Per Mangiare e foi a segunda colocada no concurso Itália Culinária Institute for Foreigners. A profissional também promove festas e pretende ministrar cursos.

MONICA POLISTCHUK
A chef de cozinha Monica Polistchuk, 39 anos, trabalha na culinária internacional há mais de 20 anos e comandou restaurantes da região de 1997 a 2005.

A profissional também não esperava concorrer ao prêmio Mulheres em Destaque, promovido pelo Diário. “Nunca havia sido indicada a prêmio nenhum, fiquei bastante surpresa.”

Ela acredita que tenha sido escolhida como uma das finalistas porque, mesmo tendo morado no Exterior, sempre buscou estar presente no Grande ABC. “Fui pegar muita informação para trazer para cá e sempre procurei fazer um trabalho de qualidade e diferenciado.”

Mônica, que morou nos Estados Unidos e na Inglaterra, diz que conheceu em outras nacionalidades diversas receitas que serviram como base para sua criatividade.

“Aqui criei diversos cardápios e acho que meu diferencial é fazer pratos normais com um toque a mais”, acredita.

O que a chef nota, no entanto, é que o público da região prefere as receitas mais simples. “Tentei fazer doces diferentes, como o brownie, por exemplo, e não teve muita aceitação. O que as pessoas querem mesmo são as receitas habituais, mas com algum incremento a mais.”

Atualmente, ela trabalha na produção de alimentos para café-da-manhã – bolos, sanduíches e cookies – e na promoção de festas.

ANA MARIA TOMAZONI
Há mais de 25 anos morando no Grande ABC, a consultora gastronômica Ana Maria Tomazoni, de 56 anos, concorre pela segunda vez ao prêmio Mulheres em Destaque, promovido pelo Diário.

A profissional acredita que a indicação é fruto de seu trabalho feito com dedicação. “Mostra que tudo o que fazemos não é em vão e, por isso, fico satisfeita em estar novamente entre as finalistas. Isso já me faz sentir vitoriosa”, diz.

O prêmio, acrescenta a profissional, serve como incentivo para que ela se aprofunde em sua especialidade. “Sinto a responsabilidade do prêmio que já ganhei. Por isso, estive no começo do ano no Canadá e pretendo ir para o Nordeste em busca de novidades para trazer e desenvolver aqui.”

Professora na Faculdade da Maturidade, da PUC, e na Faculdade Aberta da Terceira Idade, de São Bernardo, Ana Maria diz que não se importa em passar seus conhecimentos para os alunos.

“Faço questão de mostrar meus segredos e de dividir os conhecimentos para ajudar as pessoas. Acho que essa é uma boa receita de sucesso profissional”, afirma.

A consultora ministra também cursos de receitas com chocolate – os quais ela considera fazer um trabalho diferenciado – e presta consultoria para elaboração de cardápios de diversos restaurantes do Grande ABC.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;